Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Boas práticas corporativas

Integração entre gerações pode contribuir para o crescimento dos negócios

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
21 jul 2023 às 10:00
- Reprodução/Canva
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Com o aumento da expectativa de vida não apenas no Brasil, mas em escala global, a sociedade tem sido palco de encontros inéditos entre diferentes gerações. Esse fenômeno da maior longevidade tem alcançado famílias, empresas e a sociedade como um todo, moldando uma nova dinâmica social. 


Atentas a essa transformação, as empresas têm redirecionado seus investimentos para promover a inclusão de diversas faixas etárias em seus quadros de funcionários, acolhendo a geração silenciosa (54-74), baby boomers (37-54), millennials (17-36) e geração Z (7-16).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Para os gestores e líderes de Recursos Humanos, a interação entre essas distintas gerações pode conferir uma vantagem competitiva significativa, fortalecendo a cultura corporativa e impulsionando a maturidade, criatividade e inovação no ambiente de trabalho. 

Leia mais:

Imagem de destaque
Veja quais

Cade abre investigação sobre condutas anticompetitivas de montadoras de carros de luxo

Imagem de destaque
Sorteio no próximo sábado (20)

Mega-Sena acumula novamente e terá prêmio de R$ 53 milhões

Imagem de destaque
Números da Aneel

Geração de energia tem expansão recorde de 18,7% no Brasil

Imagem de destaque
Entenda

Governo Lula quer frear a compra de imóveis usados pelo Minha Casa, Minha Vida


Imagem
Baixas temperaturas impactam preços de frutas e hortaliças no atacado
Segundo a Conab, o impacto tem sido observado na demanda e na oferta dos produtos, de forma a reduzir preços de produtos muito presentes nas mesas dos brasileiros.


Essa prática, encarada como um caminho para a diversidade, ganha cada vez mais destaque impulsionada pelas abordagens de ESG (Environmental, Social e Governance), trazendo consigo ganhos expressivos em produtividade e, por conseguinte, receita.

Publicidade


Rafaela Garcia Sardi, professora do Curso de Psicologia da Faculdade Anhanguera, enfatiza a importância crucial da diversidade nas empresas nos dias atuais. "Uma organização que busca respeito e competitividade deve abraçar a amplitude desse conceito", destaca. 


A especialista ressalta ainda que a possibilidade de aproveitar múltiplos pontos de vista no gerenciamento de demandas e solução de problemas tem sido um fator decisivo para as áreas de Recursos Humanos e Gente & Gestão adotarem propostas mais inclusivas e flexíveis no processo de contratação, afastando-se dos estereótipos relacionados à idade.

Publicidade


Sardi também salienta que equipes intergeracionais trazem consigo uma variedade de conhecimentos, complementaridade entre seus membros e uma melhoria significativa no clima organizacional.


Imagem
Golpes no Desenrola Brasil: especialista alerta com dicas para não cair na armadilha
Criminosos podem se aproveitar do Programa Desenrola Brasil para aplicar golpes por meio de links falsos e engenharia social


Nesse sentido, uma pesquisa conduzida pela Gupy constatou um aumento expressivo de 217% na contratação de profissionais entre 40 e 50 anos em 2021, em comparação com o ano anterior, projetando-se que esses números continuarão crescendo, especialmente com a perspectiva de um mercado em expansão e promissor no futuro.

Publicidade


Entretanto, mesmo diante desses avanços, é essencial encarar uma realidade ainda cruel para as mulheres nesse contexto. Apenas de 3% a 5% das grandes empresas contratam mulheres entre 40 e 50 anos, evidenciando desigualdades persistentes. 


De acordo com Sardi, embora as discussões sobre diversidade no mercado de trabalho estejam em ascensão, é crucial compreender as características de cada geração, para que cada aprendizado seja valorizado e respeitado. 


"Cada indivíduo tem sua própria história de vida e pode contribuir de forma significativa com sua subjetividade. É fundamental que as instituições, incluindo as empresas, abracem essa compreensão para que o preconceito seja confrontado diante da diversidade etária em nossa sociedade", conclui.


Imagem
Londrinense deve gastar pouco mais de R$ 200 no presente de Dia dos Pais, aponta pesquisa
O londrinense deve desembolsar, em média, R$ 219,86 no presente do Dia dos Pais, celebrado no segundo domingo do  mês de
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade