Pesquisar

Canais

Serviços

- Geraldo Bubniak/AEN
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Menos endividados

Inadimplência tem queda de 14% no mês de abril em Londrina, diz SPC

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
04 mai 2022 às 16:18
Continua depois da publicidade

Os dados do indicador do SPC (Sistema de Proteção ao Crédito) da ACIL (Associação Comercial e Industrial de Londrina), referentes ao mês de abril, mostram que a quantidade de consumidores que não conseguiram quitar seus débitos e tiveram seu nome inscrito no cadastro de inadimplentes teve queda de 14%, na comparação com o mesmo mês do ano passado.

No entanto, no acumulado do primeiro quadrimestre de 2022, o número ainda é 82% maior de consumidores que foram incluídos na lista de negativados, na comparação com o mesmo período em 2021. Segundo o consultor econômico da ACIL, Marcos Rambalducci, a taxa pode ser explicada pelo aumento nas vendas a crédito neste ano.

Rambalducci explica ainda que o número de consumidores que, estando na lista de devedores, conseguiu limpar o nome e voltar a constar no cadastro positivo, subiu em 8% no mês de abril em relação a abril de 2021. "Essa é uma indicação de que o crescimento do emprego formal na cidade, neste primeiro trimestre do ano, tem permitido que consumidores inadimplentes consigam renegociar ou quitar débitos pendentes", destaca. No acumulado do ano, o número de consumidores que conseguiu sair da condição de inadimplente já é 81% maior que em 2021.

"Os dados apontam para um aumento na base de consumidores em condições de tomar crédito, uma vez que houve queda nas inclusões e aumento nas exclusões de consumidores com restrição na base de dados da ACIL. Esse é um bom sinal, especialmente, no momento que se aproxima o Dia das Mães, segunda melhor data para o comercio varejista local", acrescenta o consultor.

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade