Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
CNPJ no vermelho

Paraná tem o maior número de empresas inadimplentes na região Sul

Reportagem Local
19 abr 2024 às 09:15
- Reprodução/Canva
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

De acordo com o Indicador de Inadimplência das Empresas da Serasa Experian, em fevereiro, o Paraná foi a Unidade Federativa (UF) do Sul com o maior número de negócios inadimplentes (422.405). O Rio Grande do Sul veio na sequência com 369.465 empreendimentos com o CNPJ no vermelho. 


No cenário nacional, os dados do indicador revelaram que, em fevereiro deste ano, foram contabilizados 6,6 milhões de CNPJs no vermelho, número menor ao registrado em janeiro e que retorna ao patamar de estabilidade registrada desde julho do ano passado. No período analisado, as dívidas somaram R$ 130 bilhões com o ticket médio de cada débito estimado em R$ 2.745,6. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


"A redução da taxa Selic e a diminuição da inflação foram fatores que impactaram o bolso dos brasileiros, que designaram recursos para pagar suas contas. E esses pagamentos são destinados a empresas que ganham mais fôlego para liquidarem seus próprios débitos e diminuir a inadimplência. Outro impacto direto que as reduções trazem para a saúde financeira é que quanto menor a taxa de juros, menor é a despesa financeira que os negócios incorrem, aliviando o caixa e permitindo às companhias trocar dívidas velhas e caras por dívidas novas e mais baratas”, avalia o economista da Serasa Experian, Luiz Rabi.

Leia mais:

Imagem de destaque
R$ 9,5 bilhões liberados

Receita Federal libera consulta para 1º lote de restituição do Imposto de Renda

Imagem de destaque
Sorte grande

Caixa sorteia nesta quinta prêmio de R$ 42 milhões da Mega Sena

Imagem de destaque
Concurso Nacional Unificado

Governo remarca provas do 'Enem dos Concursos' para segunda quinzena de agosto

Imagem de destaque
Dia do apicultor

Segundo maior produtor nacional de mel, Paraná se destaca pela qualidade


A perspectiva para os próximos meses deste ano, ainda segundo o especialista, é de que as companhias recuperem parte de sua robustez, contribuindo para a diminuição do avanço da insolvência no país.

Publicidade


Em fevereiro, a maior parte das dívidas das empresas inadimplentes eram com Indústrias, Terceiro Setor e Primário, classificados como “Outros” (28,5%). Já o setor de “Securitizadoras” foi o que menos registrou débitos vencidos (1,0%). 


O indicador também mostrou que mais da metade das empresas inadimplentes em fevereiro de 2024 eram do segmento de “Serviços” (55,0%), e os negócios do “Comércio” ficaram em segundo lugar (36,3%).


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Paraná tem o maior número de empresas inadimplentes no Sul
Descubra os números atualizados da inadimplência de empresas no Paraná e entenda como isso impacta a economia e as decisões de negócios. Saiba mais!
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade