Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
ministro do "Centrão"

Em Londrina, Fufuca destaca papel da Lei de Incentivo para investimento no esporte

Douglas Kuspiosz - especial Folha de Londrina
27 nov 2023 às 17:40
- Douglas Kuspiosz - Especial para a FOLHA
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O ministro do Esporte, André Fufuca (Progressistas), esteve em Londrina nesta segunda-feira (27) para falar sobre os programas que estão sendo desenvolvidos pelo ministério. Ele participou de um encontro com deputados, prefeitos, esportistas e outras autoridades da região.


Segundo Fufuca, a pasta de Esporte vem desenvolvendo desde projetos pioneiros até projetos estruturantes, cujo intuito é dar “uma condição digna para todos que são amantes do esporte”.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Entre as medidas de inclusão ele citou o programa Segundo Tempo, previsto para janeiro e que será “enraizado para todos os cantos do Brasil”. Essa é uma medida que visa democratizar o acesso à prática e à cultura do esporte com crianças, adolescentes e jovens. É uma política pública que deve ser ampliada nos próximos anos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Tem sobremesa!

Confira o cardápio do Restaurante Popular de Londrina para esta sexta-feira

Imagem de destaque
Obituário

Falecimentos dos dias 18 e 19 de abril de 2024 em Londrina e região

Imagem de destaque
Segunda discussão

Câmara de Londrina aprova espaço para agentes de endemias nas UBSs

Imagem de destaque
Vereadora foi internada na quarta

Juiz concede liminar e suspende audiências da CP que apura denúncia contra Mara Boca Aberta


“Os programas pioneiros têm os recursos dotados do ministério. São recursos de iniciativa do governo federal, porém, com seu ‘hiperdimensionamento’, eles podem ser complementados através de emendas e ações das secretarias estaduais e municipais”, se referindo às parcerias para tirar do papel essas iniciativas.

Publicidade


Para Fufuca, a Lei de Incentivo ao Esporte é uma das principais formas de o Esporte executar suas ações, já que corresponde a quase 70% do orçamento para investimento do ministério. A sua vinda para Londrina também teve como objetivo divulgar essa legislação.


O deputado federal Diego Garcia (Republicanos) ressalta que “há muito recurso via Lei de Incentivo” e que o Paraná está perdendo essa oportunidade de investimento, já que são poucos projetos que estão sendo executados com esses recursos.

Publicidade


“A presença do ministro e esse encontro aqui é justamente para que as associações, as entidades, secretários e diretores de Esporte, prefeitos, entendam a dimensão e quanto eles podem realizar e fazer muito mais em suas cidades”, disse o parlamentar.


Um exemplo é a instalação de um polo do Instituto Tiago Camilo na zona sul de Londrina, onde são oferecidas aulas gratuitas de judô. Garcia aponta que são 170 crianças beneficiadas e que já há recurso empenhado para expandir o projeto no Paraná. “Vai permitir a criação de mais cinco polos. A expectativa é que a gente tenha mais dois polos em Londrina, na zona norte e na zona leste, e vamos expandir para Cambé, Ibiporã e Andirá”, completou o deputado.

Publicidade


POUCOS RECURSOS

Fufuca afirmou que o orçamento do ministério “foi muito mal desenhado pela equipe anterior” e que agora precisa “achar soluções” para ampliar a disponibilidade de recursos financeiros para o esporte.

Publicidade


Mesmo com a saída de Ana Moser, que ficou à frente da pasta até setembro, Fufuca garante que os projetos da gestão anterior com condições de avançar serão realizados. “Estamos dando prosseguimento, assim como estamos melhorando e criando novas alternativas para antigos problemas.”

Para além do projeto Segundo Tempo, o ministro cita o Segundo Tempo Universitário, o Saúde é Vida e o Programa TEAtivo. “São inúmeros programas importantes de baixo custo que podem ser usados por todo o Brasil, dependendo das condições de orçamento que os estados e municípios possam ter.”

Publicidade


‘ACHAR OS CAMINHOS’

O presidente da FEL (Fundação de Esportes de Londrina), Marcelo Oguido, ressaltou que a aproximação entre o ministério e as prefeituras é importante porque ajuda a achar os caminhos para a realização de bons projetos.


“Já temos alguns projetos em vista, são só em Londrina, mas na região também. O ministro vindo aqui atrai muito a região. [Queremos] fomentar cada vez mais os projetos, principalmente as estruturas onde poderemos estar aplicando na base, que é o que vai levar e fomentar o esporte até o alto rendimento”, avaliou.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade