Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Edição especial

Feira que reúne brechós e artesanatos de Londrina tem sua 30° edição neste sábado

Eduarda Oliveira
23 fev 2024 às 18:21
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Feira Criou, evento que reúne brechós, lojas de artesanatos, comidas, chopp e apresentações musicais, está com sua 30° edição marcada para sábado (24), das 10h às 18h, na Casa Criou, localizada na rua Ibiporã, 720. Nesta edição, a feira também vai contar com feijoada, flash tatoo e uma ecobag de brinde para os 20 primeiros visitantes. 


Com sua primeira edição em novembro de 2021, a feira começou como uma ideia de Renata e Giovana Bozollan, mãe e filha que decidiram abrir um brechó online durante a pandemia, o Jeito Brechó. Depois de um ano, elas tiveram uma necessidade de ter um local para encontrar mais pessoas e se conectar com outros empreendedores do mesmo ramo, além de incluir vendedores de artesanatos.  

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A partir disso, Giovana e Renata organizaram um bazar na garagem de casa com outros quatro brechós convidados. No fim das contas, o evento fez tanto suceso que elas decidiram expandir e criar a Feira Criou, para reunir mais pessoas. 

Leia mais:

Imagem de destaque
Após caso envolvendo escritora

Ataque de pitbulls: especialista defende que a questão é educar humanos

Imagem de destaque
Campeonato Brasileiro

Jogadoras protestam contra volta de técnico acusado de assédio ao Santos

Imagem de destaque
"Efeitos econômicos diretos"

Prefeitura do Rio divulga estudo para justificar aporte de R$ 10 milhões no show de Madonna

Imagem de destaque
Crime investigado pela PF

Barco à deriva é encontrado com corpos no Pará


Giovana explica que as duas entendem a importância deste tipo de evento para o comércio local e para dar visibilidade para marcas que estão começando agora. " No pós-pandemia, a gente vê um movimento de muitas marcas, de pessoas buscando empreender. A gente tem hoje um grupo de 900 marcas que nos dá a  oportunidade de fazer a feira. A maioria são mulheres, muitas mães solteiras, então. [o projeto] é muito importante e a gente se sente muito grata por fazer esse trabalho."

Publicidade


Desde o início da feira até agora, três anos depois, Giovana diz que a maior diferença é na forma como as pessoas passaram a enxergar o comércio e o consumo. " Se a gente pensa em em chocolate, lembramos de uma loja 'X' que tá no mercado há anos. Isso mudou pra gente, nós mudamos o olhar das pessoas para uma visão [de consumo] mais consciente, até mesmo porque, se a gente pode comprar de um comércio pequeno, por que vamos comprar do grande?" 


Créditos: Equipe Feira Criou 

Publicidade


Com o crecimento do evento ao longo dos anos, surgiu a necessidade de ter um local fixo para reunir os pequenos comércios. Apesar do suceso da feira, devido ao fato de ser promovida uma vez por mês, existia uma dificuldade de ter um público fixo, já que, ás vezes, no dia marcado, as pessoas tinham compromisso e não poderiam comparecer. 


Assim, surge a Casa Criou, um espaço colaborativo que inclui mais de 15 marcas em um só lugar. A Casa funciona de segunda à sexta, das 10h às 18h30, e de sábado, das 10h às 14h. Além de abrir nesses horários, ainda é a anfitriã da Feira Criou, que acontece mensalmente com vários expositores. 

Publicidade


Giovana explica a diferença entre a Feira Criou e a Casa Criou: "A Feira Criou é um evento que reúne diversas marcas, já a Casa é um espaço físico e fixo que todos os dias atende. As vezes, se quiser encontrar alguma coisa na feira e já passou a data, tem na Casa Criou." 


A Casa ainda oferece cursos de cerâmica e velas toda semana, além de promover rodas de conversa com empreendedoras e artesãs em seu espaço.

Publicidade


Créditos: Equipe Casa Criou


Com expositores fixos, na sua maioria mulheres, a Casa oferece opções de brechó , produtos autorais de decoração, arte e bem-estar. Para Paola Pegorini, dona do Flores de Paola e expositora fixa da Casa, o evento mensal é importante para divulgação e visibilidade das marcas. "Um evento assim tem um alncance maior de divulgação. Tanto a Casa quanto a Feira fermentam o empreendedorismo feminino dentro de Londrina, o comércio local. E o dinheiro de Londrina fica em Londrina", explica.


Apesar de terem expositores fixos, há também uma variação durante os meses em que novos empreendedores podem integrar a equipe da Casa ou apenas participar dos eventos promovidos. 


Créditos: Paola Pegorini


Imagem
Com ingressos por R$12, Semana do Cinema em Londrina começa nesta quinta-feira (22)
A quarta edição da Semana do Cinema em Londrina começa nesta quinta-feira (21) e vai até quarta-feira (28). Com ingressos por R$12 e preços especiais de combos, a iniciativa tem o objetivo de democratizar o acesso à cultura. Confira a programação:
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade