Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Violência

Justiça acata denúncia contra três suspeitos de participar do ataque à escola de Cambé

Pedro Marconi - Folha de Londrina
18 jul 2023 às 15:16
- Caroline Knup/Especial para a Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Juízo da Vara Criminal do Foro de Cambé (Região Metropolitana de Londrina) aceitou a denúncia oferecida pelo MP-PR (Ministério Público) e tornou réu os três jovens suspeitos de envolvimento com o ataque a tiros no colégio estadual Professora Helena Kolody, no dia 19 de junho. Com a decisão, o trio irá a júri popular, quando será julgado por dois homicídios duplamente qualificados, por motivo torpe e recurso que dificultou a defesa das vítimas.


As penas previstas são de 12 a 30 anos de reclusão para cada um dos crimes, caso haja condenação. O caso corre em segredo de Justiça. Durante o atentado, o casal de estudantes Karoline Alves, de 17 anos, e Luan Augusto, de 16, morreram.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O atirador, que tinha 21 anos, foi preso em flagrante, porém, encontrado morto dois dias depois dentro da carceragem da Casa de Custódia de Londrina. A Polícia Civil ainda não divulgou o resultado deste inquérito, porém, explicitou que a principal suspeita é suicídio.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crime de estupro

Dois homens condenados por crimes sexuais são presos em Campo Mourão

Imagem de destaque
Crime ocorreu em 2017

Homem condenado por estuprar a própria neta é preso em Maringá

Imagem de destaque
Superdotado

Menino gênio é recebido pela família em Londrina após ganhar medalha em Nova Iorque

Imagem de destaque
Bebida e um prato por R$22

Londrina recebe o festival gastronômico Brasil Coffee Week


Já os três réus seguem detidos. Um jovem de 21 anos está em Pinhais (Região Metropolitana de Curitiba), um rapaz de 18 anos em Vitória de Santo Antão, Pernambuco, e outro jovem de 19 anos em Santo André, São Paulo. O primeiro teria gravado o assassino no fim de semana antes do crime, quando ele fazia ameaças; o segundo seria o autor intelectual; e o terceiro o incentivador.


Durante a investigação também acabaram presos dois homens, de 35 e 39 anos, que teriam vendido a arma e as munições, no entanto, não sabiam a destinação.



Imagem
Missas em homenagem a Luan e Karoline em Londrina e Cambé lembram um mês da morte dos estudantes
O Setor Juvenil da Arquidiocese de Londrina promove, na quarta-feira, 19 de julho, Santa Missa em intenção de um mês de falecimento dos jovens Karoline Verri Alves, 17, e Luan Augusto da Silva, 16.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade