Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Em Londrina

Clínica irá tratar crianças com problemas de pele

Redação - Folha de Londrina
16 jul 2003 às 18:02
Continua depois da publicidade

A Clínica de Psicologia da Universidade Estadual de Londrina (UEL) está com inscrições abertas até o próximo dia 20 para crianças entre 7 e 12 anos, com problemas crônicos de pele.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Entre as doenças com maior incidência nessa faixa etária estão a dermatite atópica, a psoríase e o vitiligo. A clínica pretende atender crianças cujos problemas podem causar desconforto físico, além da discriminação devido à aparência.

Continua depois da publicidade


Uma das coordenadoras do projeto, Márcia Cristina Caserta Gon, disse que o tratamento dermatológico exige persistência do paciente, que precisa seguir com rigor as recomendações. Quando o paciente é uma criança, são necessários cuidados especiais, já que, segundo ela, a mudança na rotina e a pressão por parte dos pais para seguir o tratamento podem provocar problemas emocionais. Consequentemente, isso pode dificultar a cura da doença.


Márcia esclareceu que as crianças com problemas de pele, normalmente, têm maior dificuldade de relacionamento e são muito ansiosas. Segundo ela, os deboches e questionamentos dos amigos sobre as manchas na pele incomodam. ''No trabalho buscaremos mostrar às crianças que outras pessoas também possuem a doença e não há motivo para se sentirem discriminadas.''


Mas antes de iniciar os trabalhos com as crianças, os alunos do 4º ano de psicologia, que desenvolverão o projeto, estão realizando uma triagem com os pais. ''Os pais também precisam de orientação, pois, em algumas vezes, sentem-se culpados pelo filho estar doente'', comentou.

Continua depois da publicidade

O tratamento psicológico com as crianças deverá se estender por três meses, com uma sessão semanal.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade