Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Junto com a PM

CMTU apreende mais de 2 mil maços de cigarro no centro de Londrina

Redação Bonde com N.Com
02 mai 2018 às 21:31
- Divulgação/CMTU
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) apreendeu, na manhã desta quarta-feira (2), na área central de Londrina, mais de 2 mil maços de cigarros contrabandeados do Paraguai. A ação, realizada em parceria com a PM (Polícia Militar), retirou de circulação também isqueiros, carteiras e cintos comercializados irregularmente no Calçadão e na região da rua Sergipe.

A iniciativa integrada removeu da área, no total, 2.109 pacotes de cigarro, 152 isqueiros, 39 carteiras e 22 cintos de couro. Segundo a coordenadora de fiscalização da CMTU, Josiane Correia, o confisco ocorreu em atendimento a uma solicitação dos policiais, que durante patrulhamento pelo local observaram a grande quantidade de fumígenos ilegais.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


De acordo com Josiane, os cigarros e isqueiros - foco da operação - serão destruídos e encaminhados ao descarte. Já as carteiras e cintos, que com a devida licença da CMTU podem ser vendidos nas ruas da cidade na modalidade "artesanato", ficarão à disposição dos ambulantes por 30 dias e poderão ser reavidos mediante apresentação de nota fiscal.

Leia mais:

Imagem de destaque
Zona Sul

Revitalização da Praça da Juventude deve iniciar ainda neste mês em Londrina

Imagem de destaque
Veja como ajudar

Família de 'jovem gênio' de Londrina faz campanha para participação em olimpíada de matemática em Nova Iorque

Imagem de destaque
Participação gratuita

Evento da UEL reúne grandes nomes femininos do jornalismo nesta quarta

Imagem de destaque
Investimento de R$ 630 mil

Cultura de Londrina abre edital para a seleção de Vilas Culturais

Para atuar na comercialização de produtos em logradouros públicos, o interessado precisa de autorização da companhia. Além de possuir alvará do poder público para a atividade, é necessário que o item a ser vendido ainda esteja previsto no Código de Posturas do Município. Artigos como CDs, DVDs, capinhas para celular, dentre outras variedades, são vetados pela lei e, por isso, são alvo de fiscalização.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade