Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Veja o que muda

CMTU instala novos semáforos na região central de Londrina

Caroline Knup - Especial para o Portal Bonde
12 jul 2023 às 16:50
- Caroline Knup
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização de Londrina) instalou, nas últimas semanas, semáforos em, pelo menos, quatro cruzamentos da região central da cidade.


Três aparelhos foram colocados no cruzamento entre a avenida Juscelino Kubitscheck e a rua Chile. Conforme apontam moradores e comerciantes da região, as vias registram acidentes frequentes, que envolvem pedestres, motoristas e motociclistas.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“Agora não vejo mais tantos acidentes por aqui, mas acho que instalar os semáforos vai ser bom, porque já teve muito. O trânsito também vai ficar mais organizado e pode até ajudar a gente que tem loja na região”, aponta um comerciante da região que pediu para não ser identificado.

Leia mais:

Imagem de destaque
A incerteza de voar para a cidade

Condições climáticas desfavoráveis afetam pousos e decolagens no Aeroporto de Londrina

Imagem de destaque
Investimento de R$ 27 milhões

Nova adutora será implantada para melhorar transporte de água para região oeste de Londrina

Imagem de destaque
Investimento de R$ 9,7 milhões

Delegacia Cidadã de Londrina é inaugurada oficialmente na região oeste

Imagem de destaque
Noite do Rock

Concha Acústica de Londrina recebe show da Banda Bora nesta sexta-feira


Como pedestre, o estudante Eduardo Lima relata que se sente mais seguro para atravessar vias quando há semáforos. “Eu gosto quando tem semáforo, a gente consegue atravessar a rua sem medo que vão avançar ou aumentar a velocidade”, conta.

Publicidade


Apesar de a mudança fornecer mais segurança aos pedestres, os transeuntes ainda precisam ficar atentos, já que o cruzamento não conta com faixas para que possam atravessar as pistas.


Segundo a CMTU, os semáforos do cruzamento vão entrar em funcionamento em breve. Mais informações serão fornecidas em uma coletiva de imprensa que deve acontecer nessa semana.

Publicidade



OUTRAS LOCALIZAÇÕES


Além dos equipamentos instalados na avenida Juscelino Kubitscheck e na rua Chile, a CMTU está testando semáforos no cruzamento entre a avenida Duque de Caxias e a rua Jorge Velho. Um dos objetivos da ação é reduzir as filas, que se formam, especialmente, nos horários de pico.

Publicidade


Já o cruzamento da rua Goiás com a rua Belo Horizonte está sendo preparado para receber os equipamentos de sinalização. No local, estão instalados postes, que devem receber os semáforos em breve.


A doutoranda em matemática Mariana Innocenti mora na rua Santos e defende que os semáforos deveriam ser instalados no cruzamento da via com a rua Goiás. 

Publicidade


"Existe o semáforo da rua Goiás com a avenida JK e um semáforo no cruzamento da Higienópolis com a Goiás, um quarteirão para frente de onde pretendem colocar esses novos semáforos. Entre os dois semáforos que já existem, existem três ruas: a Paranaguá, a Santos e a Belo Horizonte. Para mim, se tivesse um semáforo no meio, seria mais útil", argumenta.


A estudante conta que nunca viu um acidente no local de instalação dos novos semáforos e que os equipamentos poderão trazer benefícios "somente nos horários de pico, já que o movimento fica mais intenso".

Publicidade


AVENIDA JK COM RUA CHILE


Nesta quinta-feira (13), a CMTU informou que o conjunto semafórico instalado no cruzamento da avenida JK com a rua Chile, local que registra intenso movimento de veículos, vai começar a funcionar. A expectativa é que as condições de fluxo melhorem na região. 

Publicidade


De acordo com a CMTU, a instalação dos equipamentos começou em junho. A Companhia aguardava a ligação da rede elétrica pela Copel, além de adequações em calçadas para garantir a acessibilidade de pedestres e cadeirantes. 


Com o fornecimento de energia regularizado e a construção das rampas concluída, o trabalho final antes do acionamento dos aparelhos será a colocação de placas e a demarcação da sinalização horizontal, com faixas de pedestres e de retenção.


Após a finalização das intervenções, os condutores que seguirem pela avenida JK, no sentido Centro – Bairro, não poderão mais converter à esquerda para acessar a rua Chile pela abertura no canteiro central.


Para chegar à via, eles terão de virar à direita uma quadra antes, na Rua Uruguai. A partir daí, deverão tomar a Rua Raposo Tavares, que é a primeira à esquerda, para finalmente acessar a Rua Chile e transpor a JK.


De acordo com Laercio Voloch, gerente operacional de Trânsito, restringir a conversão para a rua Chile por quem vem da JK trará mais fluidez e segurança ao tráfego na região. Além de disciplinar os movimentos no cruzamento, a medida deve reduzir as chances de colisões traseiras.


Voloch ressalta que a implantação dos novos semáforos integra um conjunto de intervenções proposto com o intuito de reduzir o número de acidentes e de mortes na avenida JK. Outras ações incluíram a readequação da velocidade máxima permitida na via, que no início de junho foi de 60 para 50 km/h, e o fechamento de aberturas para retorno no canteiro central.

(Com informações do N.Com)


(Atualizada às 15h30 de quinta-feira, 13)

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade