Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Assinaturas falsas

Ex-servidor da CMTU e filho médico são condenados por falsificação de atestados para abono de falta

Rafael Machado/ Grupo Folha
22 jul 2021 às 17:46
Continua depois da publicidade

A Justiça condenou um ex-servidor da CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização), Romildo Ruiz, e o filho dele, o médico André Ruan Ruiz, pela falsificação de nove atestados para que o funcionário abonasse as faltas no trabalho. A sentença desta quarta-feira (21) do juiz da 2ª Vara da Fazenda Pública, Emil Tomás Gonçalves, determina o pagamento de multa e o ressarcimento pelos dias ausentes. Segundo a ação do Ministério Público, o acusado apresentou justificativas para não trabalhar em 17 dias contados entre julho de 2016 e agosto de 2018.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Os promotores disseram que os atestados foram obtidos quando André era estudante de Medicina da UEL (Universidade Estadual de Londrina) e também mesmo depois dele ter se formado. Causou estranheza que o erro aconteceu até mesmo nos dias que houve o suposto atendimento ao servidor. O MP também desconfiou de fraude porque nenhum documento foi emitido pelo plano de saúde particular que mantém convênio com a CMTU.

Continua depois da publicidade

Leia mais na Folha de Londrina.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade