Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
R$ 19 milhões

Fazenda libera recurso para desapropriação de terreno para construção do terminal metropolitano em Londrina

Pedro Marconi - Grupo Folha de Londrina
01 dez 2023 às 18:49
- Pedro Marconi/Grupo Folha de Londrina
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A secretaria de Estado da Fazenda liberou os R$ 19 milhões necessários para a desapropriação do terreno que fica na esquina da avenida Leste-Oeste com a rua Bahia, no centro de Londrina, onde será construído o terminal metropolitano. O recurso está à disposição da secretaria de Estado das Cidades, que é quem vai sacramentar a negociação.


“A secretaria das Cidades já está com o dinheiro. Nós próximos dias vamos fazer o acordo legal com o proprietário para desapropriar e pode ter essa importante obra”, destacou o titular da pasta, Eduardo Pimentel, em entrevista à RICtv Record. O secretário esteve em Londrina nesta semana para uma assembleia sobre saneamento básico e esgotamento sanitário com prefeitos da região.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A área escolhida para receber a estrutura tem cerca de 12 mil metros quadrados, ocupando um quarteirão, que fica em frente ao Terminal Central. Atualmente, o lugar possui um barracão com sinais de abandono e várias árvores.

Leia mais:

Imagem de destaque
MORADORES PREOCUPADOS

Lixo e mato alto tomam conta das ruas na Vila Brasil em Londrina

Imagem de destaque
Zona leste

Começa a primeira etapa das obras de reforma do Tiro de Guerra de Londrina

Imagem de destaque
Cambé receberá 2,6 mil doses

Paraná recebe primeiro lote de vacinas contra a dengue; Londrina é prioridade

Imagem de destaque
Quase 75% do total

Londrina supera R$ 380 milhões em negociações do IPTU 2024


Em abril do ano passado, entidades do setor produtivo entregaram ao governo estadual, em forma de doação, o anteprojeto do terminal. No entanto, outros projetos terão que ser confeccionados antes para a posterior publicação do edital prevendo a construção.


“Temos um grupo de trabalho liderado pela AMEP (Agência de Assuntos Metropolitanos do Paraná) que está elaborando o termo de referência para licitar os projetos, visto que o terminal atenderá a demanda de passageiros e serviços”, explicou à FOLHA Sandra Moya, coordenadora do Núcleo Regional da Casa Civil em Londrina.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA:

Fazenda libera recurso para desapropriação de terreno do terminal metropolitano
Área de 12 mil metros quadrados no centro de Londrina vai custar R$ 19 milhões ao Estado; AMEP prepara licitação dos projetos da obra
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade