Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Facebook
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Vacinação em queda

Londrina: Belinati recomenda uso de máscara em novo decreto

Redação Bonde
25 mai 2022 às 20:20
Continua depois da publicidade

O prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, e o secretário municipal de Saúde Felippe Machado, anunciaram em live no Facebook na noite desta quarta-feira (25) que a Prefeitura de Londrina fez um novo decreto com a recomendação para que a população volte a usar máscara em locais fechados e em locais abertos com aglomeração de pessoas. Belinati ressaltou que o uso da máscara não é obrigatório e que trata-se de uma recomendação. O decreto entra em vigor nesta quarta-feira.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


LEIA TAMBÉM: Covid-19: Londrina registra 370% de aumento nos casos ativos em 30 dias

Continua depois da publicidade


"Vamos avaliar por 10 a 15 dias. Se não houver um resultado de diminuição no número de casos, vamos ter que voltar atrás e voltar com o uso obrigatório de máscaras na cidade", afirmou. Belinati e Machado apresentaram na live que houve um aumento de 370% no número de casos ativos de Covid-19 nos últimos 30 dias. 


De acordo com o secretário, conforme a avalição dos médicos especialistas em Covid-19, são três fatores que aumentaram o número de casos em Londrina: a queda na vacinação; a chegada do tempo frio, que favorece a circulação dos vírus respiratórios; e a falta do uso da máscara. 


Em relação à vacinação, Machado apresentou que, com o passar do tempo, a tendência seria de subir a capacidade de vacinação, mas está diminuindo. "São 64 de 100 pessoas com 18 anos ou mais que receberam a terceira dose da vacina contra a Covid-19 em Londrina. Trinta a seis não tomaram a dose de reforço", afirmou. Sobre a quarta dose, o secretário anunciou que são 34 de 100 pessoas com 60 anos ou mais que compareceram aos postos de saúde para receberem a vacina. Sessenta e seis não buscaram a vacina. 

Continua depois da publicidade


"A gente faz um apelo para irem tomar a vacina. Pede para a pessoa ir tomar as doses de reforço. Orientem todos aqueles que podem tomar a irem ao posto de saúde. Não deixem de tomar, a pandemia não acabou", ressaltou Belinati. 


Segundo Machado, são doze unidades vacinatórias na cidade. Nas próximas semanas, mais nove locais deverão ser disponibilizados. 

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade