Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Próximo ao Lago Igapó II

Londrina inaugura nova praça e ciclovia aos moradores da zona sul

Redação Bonde com N.Com
25 jan 2023 às 12:13
- Rodolfo Gaion/CMTU
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A população de Londrina tem mais um local para descansar na beira do Lago Igapó II. Isso porque, no final de dezembro, a Prefeitura de Londrina finalizou a nova praça da zona sul, localizada na Rua José Giroldo, no Parque Guanabara. 


Com cerca de 2 mil m², o espaço conta com bancos de concreto coloridos e de madeira, lixeiras, bebedouros, iluminação em LED e calçadas com piso tátil para pessoas com deficiência.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Na praça, a Prefeitura também fez o plantio de grama e de várias mudas de árvores, como de dracena-vermelha, lapanthus e ipê-rosa para garantir mais sombra e embelezar o local. 

Leia mais:

Imagem de destaque
0,03% não têm água

Censo 2022: 7,44% dos domicílios de Londrina ainda usam buraco ou fossa como esgotamento

Imagem de destaque
crime hediondo

PM de Londrina é condenado a 13 anos prisão por estupro de duas mulheres em situação de rua

Imagem de destaque
'Londrina de Braços Abertos'

Londrina terá história contada por livro que marcará os 90 anos do município

Imagem de destaque
MORADORES PREOCUPADOS

Lixo e mato alto tomam conta das ruas na Vila Brasil em Londrina


Segundo o secretário municipal de Planejamento, Orçamento e Tecnologia, Marcelo Canhada, a região da Gleba Palhano e do Parque Guanabara tem poucas praças e áreas de descanso para a população, por isso o investimento na localidade. 

Publicidade


“Ali, era uma área que não tinha nenhuma utilidade e nós construímos não só uma linda praça, mas também uma ciclovia, que agora é bastante frequentada pelos moradores e por todos que frequentam o Lago Igapó II para a prática esportiva e para o lazer”, contou.


A ciclovia na Rua José Giroldo mede 2,8 metros de largura e tem cerca de 500 de extensão, ligando a Avenida Madre Leônia Milito à Rua Bento Munhoz da Rocha Neto, que margeia o Lago Igapó II. 

Publicidade


Ela foi criada como compensação pela retirada da antiga situada na Avenida Ayrton Senna, que tinha muita declividade e não oferecia as condições mais adequadas aos usuários.


Depois de estudos técnicos do Ippul (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina) e da SMOP (Secretaria de Obras e Pavimentação), a escolha pela construção da ciclovia na Rua José Giroldo foi a solução encontrada. 

Publicidade


Ali, há menos inclinação do solo e menor fluxo de veículos, o que dá mais segurança para os ciclistas, motoristas e pedestres. 


“A ciclovia da José Giroldo, nós fizemos para cobrir uma necessidade da Gleba Palhano e do Parque Guanabara de ter ciclovia. Desativamos a antiga, na Av. Ayrton Senna, em função dela ser pouquíssimo usada, por ser muito íngreme e só esportistas conseguiam utilizá-la, e essa lacuna foi coberta com a nova ciclovia. As ciclovias são uma tendência das grandes cidades, principalmente das grandes metrópoles”, afirmou Canhada.

Publicidade


Ao todo, foram investidos cerca de R$ 500 mil nessa nova praça e ciclovia. A empresa responsável pelos trabalhos foi a Iguaçu Construções e Comércio. A Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização fez a pintura dos mobiliários do local.


CICLOVIA

Publicidade


Além dessa ciclovia, a Prefeitura de Londrina tem investido na construção de diversas outras espalhadas pelo Município. A ideia é promover a mobilidade urbana sustentável e garantir aos cidadãos o direito de acessos aos espaços de maneira segura e eficiente.


Para isso, desde quando assumiu a atual administração, em 2017, até o momento, o prefeito Marcelo Belinati já construiu 22.356 metros de ciclovias. Destas, 2,5 km foram feitos já no primeiro ano de mandato.


Em 2018 foram executados mais 4,9 km; seguidos por 2,4 km em 2019; outros 2,8 km em 2020; quase 9 km em 2021 e 510 no ano passado. 


Além dessas, outros 5.725 metros de ciclovias estão em execução, o que totalizará mais de 28 mil metros feitos pela atual gestão. São elas: as ciclovias da Avenida Rio Branco, da Avenida das Laranjeiras, do Vale do Rubi e da Avenida Harry Prochet.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade