22/01/21
Balanço da CMTU

Londrina registra queda de 14,5% nas mortes no trânsito em 2019

O número de mortes no trânsito em Londrina registrou queda de 14,5% em 2019 em comparação com 2018, segundo dados divulgados pela CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) na sexta-feira (17). A redução foi de 83 para 71 casos. Dentre os episódios com mortes, 31 envolveram condutores de 31 a 59 anos; 57 vitimaram homens e 45 aconteceram na hora, no local da batida.

No cálculo geral, o índice apurado foi o menor desde o início da série histórica em 2014. Naquele ano, quando a CMTU passou a reunir dados do Corpo de Bombeiros, IML (Instituto Médico-Legal) e Polícia Civil para a elaboração do Placar do Trânsito, 99 pessoas perderam a vida nas ruas londrinenses.


Em relação aos óbitos por atropelamento, a diminuição foi mais acentuada: 36,4%. Foram 14 no ano passado contra 22 no ano anterior.

Na comparação com 2018, os últimos doze meses ainda apresentaram variação negativa de 7,5% (40 ante 37) nas ocorrências letais envolvendo motociclistas.

Já a quantidade total de acidentes pulou de 3.471 para 3.657, enquanto a de vítimas não fatais foi de 4.049 para 4.344.

Administradas por órgãos estaduais e federais, a PR-445 e a BR-369 – a exemplo de 2018 – permaneceram no topo do ranking das vias mais perigosas. Na rodovia estadual, as mortes saltaram de 11 em 2018 para 16 em 2019. A rodovia federal, por sua vez, contabilizou queda de 9 para 8. Entre os corredores de trânsito de competência municipal, a rodovia Carlos João Strass e a avenida Saul Elkind, ambas na região norte, somaram quatro óbitos cada uma.

Multas

O levantamento da CMTU apontou ainda redução no número de autuações entre 2018 e o ano passado. O montante caiu de 181.823 para 150.302. O excesso de velocidade corresponde a mais de um terço das infrações (60.969). O panorama de queda foi registrado mesmo com o incremento na quantidade de pontos monitorados pelos radares, que aumentaram de 18 para 22.

De acordo com o diretor de Trânsito da CMTU, major Sergio Dalbem, isso se deve à ampla divulgação dos locais fiscalizados e indica uma mudança de comportamento por parte do condutor londrinense. "Percebemos que, mesmo com a ampliação da fiscalização eletrônica, as multas de radar caíram de 95.846 para 60.969 de um ano para o outro. Isso denota que, aos poucos, os motoristas têm entendido os riscos em abusar do acelerador”, pontuou.

Na avaliação do major, o cenário de redução da violência pode ser atribuído a diversas ações educativas desenvolvidas ao longo de 2019. Entre as iniciativas de destaque estão as atividades do Maio Amarelo, a Semana Nacional de Trânsito, as campanhas Olhe e Sinalize e Sinalizar para Educar, o Dia Mundial sem Carro, o programa Agente de Trânsito Mirim e os trabalhos pontuais de conscientização. "Ainda temos um longo caminho pela frente, mas os impactos positivos dos trabalhos realizados nos motivam a continuar avançando”, comemorou o diretor.

Para Dalbem, o aumento na soma geral dos acidentes pode ser compreendido pelo crescimento cada vez maior da frota que circula na cidade. "A população de Londrina tem aumentado e o município é polo regional que atrai gente de muitas localidades da região. Com tantos veículos nas ruas, as ocorrências tendem a subir. No entanto, felizmente, temos constatado que os acidentes são de pequena monta, apresentando, em geral, mais danos materiais do que físicos”, ressaltou.

Novidade

Para auxiliar os motoristas sobre como contornar corretamente uma rotatória, a CMTU iniciou em dezembro a instalação de placas de orientação nas entradas dos "balões”. A sinalização especial já está presente no cruzamento das avenidas Higienópolis e Juscelino Kubitschek, e a expectativa é ampliar a intervenção para outros locais.

Também em dezembro, a companhia chegou à marca de 125.565,20 metros quadrados de vias sinalizadas em 2019. O montante foi alcançado graças à contratação de empresa terceirizada para somar nas atividades de pintura viária. Realizado em todo mo município, o trabalho é executado de dia e também no período noturno.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
Continue lendo
Decisão do TRF-4

Agepar consegue suspensão de decisão que possibilitava aumento no pedágio

21 JAN 2021 às 17h51
Acesso à Dez de Dezembro

Semáforos da Charles Lindemberg entram em funcionamento na zona leste

21 JAN 2021 às 17h50
Meu Bolso em Dia

Febraban lança programa de aceleração para startups de educação financeira

21 JAN 2021 às 17h44
Mais conectividade

Projeto Rua Inteligente trará inovação e tecnologia à rua Sergipe

21 JAN 2021 às 17h18
Direitos Humanos na Pandemia

OAB denuncia governo Bolsonaro à OEA por omissão no combate à epidemia da Covid-19

21 JAN 2021 às 16h20
Comer em casa

Pesquisa mostra que 80% estabelecimentos comerciais manterão delivery mesmo após pandemia

21 JAN 2021 às 15h57
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados