Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Londrina

Piso do Calçadão passará por escolha popular

Fernando Rocha Faro - Folha de Londrina
14 jun 2009 às 08:12
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Londrinenses ouvidos pela reportagem não pouparam críticas quando o assunto foi o Calçadão. Uma das áreas mais importantes da Área Central parece uma fonte inesgotável de problemas. A queixas são disparadas contra diversos alvos: pedras soltas, buracos, grelhas quebradas, sujeira. E o risco de acidentes parece ser uma preocupação mais presente do que o possível valor histórico do petit pavet. Esta é a opinião do pintor de automóveis Marcos Paz de Lima, 27 anos. Para ele, a principal preocupação do poder público deveria ser a segurança. ''A gente vê muita gente tropeçando todos os dias. É um risco para as pessoas de mais idade.''

O pintor de móveis Fábio Estevam, 28, acrescenta outra preocupação: a higiene. O petit pavet, aponta, é muito difícil de limpar. ''Desse jeito este piso não é bonito, não'', lamenta. Ele ainda sugere uma solução ao poder público: ''Só não pode ser um piso liso para não ficar escorregadio. Tem que ter algum tipo de ranhura'', diz.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


E dicas como a de Estevam serão discutidas por especialistas em acessibilidade, indicados pelo Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura, que estarão na cidade no final do mês. Segundo o secretário municipal de Obras, Nelson Brandão, o objetivo é fazer uma pré-seleção de pisos e mostrá-los à população. ''Devemos até assentar um metro quadrado de cada tipo pré-aprovado e então ouvir a opinião das pessoas.''

Leia mais:

Imagem de destaque
Desencantou

Londrina faz 2 a 0 no ABC e conquista primeira vitória na Série C

Imagem de destaque
Obituário

Falecimentos dos dias 10 e 11 de maio de 2024 em Londrina e região

Os irmãos Gregório (esq.), Élio (centro) e Custódia em um fim de ano em Criciúma (SC)
Ele pediu ajuda pelo Instagram

Após três dias sem notícia, moradora de Londrina consegue contato com irmão em abrigo no RS

Imagem de destaque
Até a próxima semana

Defesa Civil de Londrina suspende recebimento de doações para o Rio Grande do Sul

Outra medida anunciada, considerada paliativa pela administração, é o conserto de grelhas, postes de luz e bancos, que deverá começar nesta semana. A revitalização completa, que ainda não tem data para ser colocada em prática, vai requerer a busca de recursos. Brandão acredita que a troca do piso não representa um dano à história do local, uma vez que a criação do Calçadão é relativamente recente - foi construída em 1977.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade