Pesquisar

Canais

Serviços

- Pedro Marconi | Grupo Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Poluição

População se assusta, após lago amanhecer com manchas e peixes mortos na zona norte de Londrina

Pedro Marconi | Grupo Folha
21 set 2021 às 16:14
Continua depois da publicidade
Quem passou ou foi até o lago Norte, na zona norte de Londrina, nesta terça-feira (21), se assustou com o que viu. O lago amanheceu com uma camada escura e densa em praticamente todo o espelho d’água, além de peixes mortos, principalmente perto da rua Pedro Bertolucci, onde existem tubulações, e na caída da água, às margens da rodovia Carlos João Strass.


O casal Marcela e Evandro Donizete levou os filhos Lucca, 3, e Murilo, 6, para passear no lugar e estranhou a água escura. “Estamos de férias e costumamos trazer as crianças para brincar aqui, sair um pouco de casa. 

Hoje nos deparamos com o lago assim, até meio assustador. Não vai dar para ficar”, lamentaram. Alguns homens que costumam pescar no local também voltaram para casa mais cedo.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O porteiro aposentado Ademir Debetin mora na avenida Curitiba e logo que acordou sentiu o forte odor vindo do lago Norte. “Tem muito peixe morto: tulipa, lambari, cascudo. Pelo jeito, vai aparecer mais animal morto ao longo do dia e o cheiro vai ficar ainda pior. É ruim porque acaba prejudicando o meio ambiente”, opinou. 

Continua depois da publicidade


De acordo com pessoas que vivem na região, outros peixes já tinham aparecido sem vida na semana passada, com alguns pontos de poluição. No entanto, nesta terça-feira a situação piorou. 


“A impressão que dá é que despejaram algum tipo de óleo ou esgoto na água. Até as aves que ficam aqui estão saindo com as penas escuras depois de entrar no lago. Na sexta-feira (17) já tinham alguns peixes, mas nem se compara com que estamos vendo hoje”, constatou Valdecir Araújo. 

Continua depois da publicidade


Leia mais na Folha de Londrina

Continue lendo