Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Programa de intercâmbio

Paraná abre inscrições para o Ganhando o Mundo nesta quarta-feira

Redação Bonde com AEN
29 fev 2024 às 08:30
- Foto de Yoann Donzé en Unsplash
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O programa de intercâmbio Ganhando o Mundo está com inscrições abertas para alunos de escolas públicas do Paraná. 


Com a maior edição até o momento, serão ofertadas 1.200 vagas só para os estudantes da 1° série do Ensino médio, com embarques programados para acontecer a partir de janeiro de 2025. A lista de destinos inclui países como Austrália, Canadá, Nova Zelândia, Reino Unido, e pela primeira vez, Irlanda.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


As inscrições podem ser feitas a partir desta quarta-feira (28) até o dia 19 de abril, no site da Seed. Para participar é necessário de ter cursado do 6° ao 9° ano do Ensino Fundamental em uma instituição estadual e ter entre 14 e 17 anos. O edital está disponível aqui. 

Leia mais:

Imagem de destaque

Trump chega a tribunal de NY e diz que julgamento é ataque aos EUA

Imagem de destaque
Mais de 1.600 vagas em Londrina

Agências do Trabalhador têm 17,7 mil vagas disponíveis em todo o Paraná

Imagem de destaque
R$ 4 bilhões disponíveis

Abono do PIS/Pasep para nascidos em março e abril é liberado nesta segunda-feira

Imagem de destaque
Meteorologia

Ciclone extratropical está se formando na Argentina


Além disso, serão utilizados como critério o desempenho acadêmico do ano anterior (médias iguais ou superiores a 7,0 em cada uma das disciplinas da Matriz Curricular nas avaliações ao processo seletivo); frequência igual ou superior a 85% em cada uma das disciplinas; participação em atividades extracurriculares e pontuação obtida no Programa Aluno Monitor. 

Publicidade


Cada município terá uma vaga e outras 100 serão destinadas a beneficiários do Bolsa Família. As outras 701 vagas serão distribuídas de acordo com o edital da Seed da seguinte forma: 200 para a Austrália, 500 para o Canadá, 150 para Irlanda, 200 para Nova Zelândia e 150 para o Reino Unido. O resultado da classificação está marcado para maio. 


“É com imensa alegria que anunciamos a edição 2024/2025 do Ganhando o Mundo, reconhecendo a importância que o programa tem desempenhado entre os estudantes do ensino médio da rede estadual que, ao retornarem de suas jornadas, voltam não apenas mais maduros e profissionalmente preparados, mas também trazem à comunidade escolar uma visão mais ampla do mundo, inspirando seus colegas e educadores e promovendo um ambiente escolar mais diverso, inclusivo e globalmente consciente”, afirma o secretário da Educação, Roni Miranda.

Publicidade


Imagem
OAB de Londrina adere mobilização nacional em defesa da Justiça do Trabalho
Advogados de todo o país promovem, nesta quarta-feira (28), uma mobilização nacional em defesa da Justiça do Trabalho. Em Londrina, a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) vai se manifestar às 13h, em frente ao prédio do Fórum Trabalhista de Londrina.


Ganhando o Mundo 

Idealizado pelo Governo do Estado e desenvolvido pela Secretaria da Educação (Seed-PR), o programa viabiliza a oportunidade de intercâmbio internacional a estudantes matriculados em escolas públicas estaduais do Paraná. 

Publicidade


Nesse projeto, os alunos estudam em países que oferecem curso equivalente ao Ensino Médio no Brasil. Ele foi instituído pelas Leis Estaduais nº 20.009/2019 e nº 20.601/2021 e regulamentado pelos Decretos nº 4.166/20 e nº 4.785/2020.


O programa já teve quatro edições, com a primeira em 2019 e, somando todos os anos, 1.240 estudantes da rede de ensino já atravessaram o mundo, onde vivenciaram experiências de imersão nas culturas dos países anfitriões, além de aprenderem novos idiomas.

Publicidade


Entre fevereiro e julho de 2022, na primeira edição, 100 alunos foram enviados ao Canadá, e na segunda, entre julho e outubro do mesmo ano, outros 100 viajaram para a Nova Zelândia. Já na terceira edição, cujas inscrições foram realizadas em 2023, a França passou a integrar a lista de destinos na versão do Ganhando o Mundo França. 


Na ocasião, 40 estudantes viajaram ao país. No início de 2024, mais mil alunos embarcaram para Austrália, Canadá, Inglaterra, Nova Zelândia e Estados Unidos na quarta edição do Ganhando o Mundo.

Publicidade


O intercambista permanece por um período letivo (aproximadamente seis meses) em instituições de ensino estrangeiras, tendo a oportunidade de aprimorar o repertório cultural e acadêmico; vivenciar a realidade de outros países; desenvolver a autonomia; aperfeiçoar o idioma estrangeiro e consolidar-se numa rede de jovens líderes que atuarão nas escolas da rede pública estadual de ensino.


Os custos de alimentação, hospedagem, transporte, emissão de vistos e passaportes, passagens aéreas e terrestres, exames médicos, vacinas, seguro viagem e saúde, taxa de matrícula, mensalidade da escola no exterior, material didático, uniforme, tradução juramentada da documentação escolar, reuniões de orientação, assim como o curso preparatório de língua estrangeira, são custeados pela Secretaria. Os alunos também recebem um auxílio de R$ 800 mensais.

Publicidade


Ganhando o Mundo Professor

Lançado em 2023, o Ganhando o Mundo Professores é uma ampliação do Ganhando o Mundo. Para a primeira edição do programa no Canadá e Finlândia – na qual participaram 96 docentes – foram investidos R$ 3,9 milhões.


Nos mesmos moldes da versão dos alunos, os custos de alimentação, hospedagem, transporte, passagens aéreas e terrestres e outras despesas foram custeados pela Seed-PR. A seleção dos participantes levou em conta a experiência no programa Formadores em Ação e uma prova didática. 


Os participantes precisaram elaborar um plano de ação abordando uma situação-problema do ambiente escolar e uma proposta de solução. As vagas foram abertas para professores ou pedagogos cursistas e professores ou pedagogos formadores de todas as regiões do Estado.


Ganhando o Mundo Diretor 

Depois de estudantes, professores e pedagogos, os diretores da rede estadual terão uma experiência internacional. O anúncio foi feito em fevereiro durante o Seminário dos Diretores com Foco na Aprendizagem, que reuniu em Foz do Iguaçu, no Oeste do Estado, 2 mil profissionais da educação de toda a rede estadual.


O programa levará, ainda em 2024, 200 gestores das escolas estaduais para uma capacitação de duas semanas no Chile, com embarques previstos para agosto. O investimento será de cerca de R$ 5 milhões.


Imagem
Treinador londrinense participa da 3ª temporada de 'Largados e Pelados'
O treinador londrinense Richards Moura é um dos participantes da nova temporada do reality show Largados e Pelados. O programa estreia nesta quinta-feira (29) na Max, nova plataforma de streaming da Warner Bros, e dia 3 de março, no canal Discovery.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade