Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Revitalização

Centro de Convenções do Paraná ganha nova fachada

Redação Bonde
27 jun 2006 às 09:27
- AEN
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O governador Roberto Requião participa nesta terça-feira, às 8 horas, da reunião da Escola de Governo no Centro de Convenções de Curitiba, onde foram feitas as obras de reforma e revitalização da fachada. O Centro é uma instituição vinculada à Secretaria de Estado do Turismo.

As obras de reforma do Centro de Convenções de Curitiba, inaugurado em 10 de março de 1991, contemplaram a substituição de todas as antigas esquadrias de ferro do edifício por esquadrias de alumínio, além dos vidros. Também foi construída uma marquise e um acesso aos veículos para facilitar o desembarque dos visitantes em área protegida, junto à entrada principal do prédio. O investimento foi da ordem de R$ 1 milhão.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A necessidade das obras tinha sido apontada em laudos realizados em 1998. "Não havia riscos, mas constatou-se que o material da fachada era inadequado", explica a diretora presidente do Centro de Convenções, Márcia Schier. A reforma teve início em fevereiro deste ano.

Leia mais:

Imagem de destaque
Rota aberta entre julho e setembro

Aeroporto Internacional Afonso Pena recebe primeiro voo direto de Santiago, no Chile

Imagem de destaque
Doações até 1º de julho

No Paraná, rede estadual arrecada material escolar para o Rio Grande do Sul

Imagem de destaque
Resgate de animais silvestres

IAT devolve à natureza tamanduá-mirim encontrado por moradores no Paraná

Imagem de destaque
Mudas trazidas do Japão

Florada das cerejeiras vira atração nas ruas de Apucarana


Com uma localização privilegiada no centro de Curitiba – na Rua Barão do Rio Branco, 370 - o Centro de Convenções de Curitiba conta com amplas áreas para exposições, salas de apoio e um grande auditório, com capacidade para acomodar 1386 pessoas sentadas e que pode ser transformado, por meio de um sistema de divisórias móveis, em quatro auditórios menores.


Com 219 metros quadrados, o palco conta com um telão para projeção, sistema de fixação de painéis e luzes e rotunda para apresentação de espetáculos de dança.

Agência Estadual de Notícias


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade