Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Mata ciliar

Cooperativa e IAP distribuem 120 mil mudas de árvores

Redação Bonde
03 abr 2007 às 21:17
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Uma parceria firmada entre a Coamo Agroindustrial Cooperativa e o Instituto Ambiental do Paraná (IAP) está possibilitando o plantio de 120 mil mudas de árvores nativas na região de Campo Mourão. As mudas são destinadas para a preservação e recomposição das matas ciliares.

Produtores rurais de nove municípios da região de Campo Mourão estão sendo beneficiados pelo programa. De acordo com o engenheiro florestal da Coamo, Edmilson Baú, as mudas das árvores devem atingir um total de 110 hectares de recuperação de matas ciliares. Ele explica que a função das matas ciliares é a preservação da água. "É uma questão de sobrevivência. As matas ciliares ajudam a evitar a extinção da água", pondera.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Baú orienta que as mudas devem ser plantadas quando o solo estiver úmido. Segundo ele quando as condições climáticas não favorecerem, os produtores devem fazer a irrigação das árvores. Além da irrigação, os agricultores devem cuidar das mudas consigam de desenvolver com a natureza. Cerca de 20 espécies diferentes mudas de árvores nativas foram entregues aos produtores.

Leia mais:

Imagem de destaque
Feriado cristão

Corpus Christi: confira a programação das celebrações em Londrina e região

Imagem de destaque
Reforma

Câmara de Vereadores de Ibiporã antecipa recesso legislativo

Imagem de destaque
Para estudantes do Paraná

Empreendedorismo tecnológico: 2º Desafio Liga Jovem está com inscrições abertas

Imagem de destaque
Boletim semanal

Saúde registra morte de bebê de nove meses por dengue no Paraná

IAP - De acordo com o chefe regional do IAP de Campo Mourão, Ricardo de Jesus Carvalho, no Paraná foram plantadas mais de 60,1 milhões de mudas de árvores. A região de Campo Mourão foi a que mais plantou atingindo 5,6 milhões. O município de Campo Mourão está em quinto lugar com um total de 317,6 mil mudas. Carvalho salienta que as mudas entregues aos produtores são fiscalizadas se realmente foram plantadas. Ele assinala que existe um cadastro de todos os agricultores beneficiados. A fiscalização é efetuada pelo Tribunal de Contas e as propriedades são escolhidas por amostragem.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade