Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Operação Money Poup

Gaeco afasta três servidores investigados por crimes em Ciretran no Noroeste do Paraná

Redação Bonde com MPPR
11 jun 2024 às 08:45
- Divulgação/MPPR
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Núcleo de Maringá do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), do Ministério Público do Paraná, deflagrou na manhã desta terça-feira (11), a Operação Money Poup, com o cumprimento de 37 mandados de busca e apreensão, monitorações eletrônicas, recolhimentos domiciliares, proibições de acesso e frequência a determinados lugares e proibições de contato com pessoas determinadas.


A operação investiga possíveis crimes de associação criminosa, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, falsificação de documento público e lavagem de bens, direitos e valores relacionados à 86ª Ciretran (Circunscrição Regional de Trânsito), com sede em Sarandi. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


As ordens judiciais foram expedidas pela 2ª Vara Criminal de Sarandi e cumpridas em endereços relacionados aos investigados em Sarandi, Maringá e Santa Fé.

Leia mais:

Imagem de destaque
Confira os dados!

Ações integradas reduzem número de crimes em propriedades rurais do Paraná

Imagem de destaque
Fique atento!

Cambé emite alerta sobre golpe usando o nome da Vigilância Sanitária

Imagem de destaque
Sem danos

Abalo sísmico que atingiu Cambé tem magnitude 1,6 na Escala Richter

Imagem de destaque
2.176 vagas em Londrina

Agências do Trabalhador do Paraná começam a semana com 20,7 mil vagas


Imagem
Polícia Civil de SP vai pedir ajuda do Paraná para investigar curso de peeling de fenol pela internet
A Polícia Civil de São Paulo vai encaminhar trechos do inquérito da morte do empresário Henrique da Silva Chagas, 27 para investigadores da Polícia Civil do Paraná.


AFASTAMENTO

Publicidade


O chefe e um servidor público da Ciretran, além do assessor de um vereador de Maringá, foram afastados cautelarmente de suas funções públicas por conta do aparente envolvimento nos fatos.


A investigação teve início em março de 2023, quando o Gaeco de Maringá recebeu informações sobre um possível esquema de venda de informações privilegiadas por parte de servidores do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) em favor de determinado despachante. 


O avanço da apuração identificou empresas e pessoas físicas que seriam beneficiárias do esquema.


Imagem
Gasolina pode ficar até R$ 0,30 mais cara a partir desta terça no Paraná
Os combustíveis deverão ficar mais caros a partir desta terça-feira (11). O percentual do aumento ainda não está definido, mas o Sindicombustíveis-PR (Sindicato dos Revendedores de Combustíveis e Lojas de Conveniências do Estado do Paraná) confirmou que a
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade