Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Longa espera

Mais de 50 mil pessoas estão em fila por cirurgias eletivas no Paraná

Rafael Fantin e Jéssica Sabbadini - Especial para a Folha
17 jul 2023 às 10:30
- Divulgação/Sesa
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A fila de espera por cirurgias é um antigo problema do SUS (Sistema Único de Saúde) que se agravou ainda mais durante a pandemia, quando os procedimentos eletivos foram suspensos por causa do risco de contágio do coronavírus.


 Assim, a espera por atendimentos, que já era longa, se tornou ainda maior e quem depende da saúde pública precisa conviver por mais tempo com problemas de saúde, que afetam a qualidade de vida e, em alguns casos mais sérios, podem se agravar e prejudicar a recuperação pós-cirúrgica.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Segundo os dados do Ministério da Saúde, 50.426 paranaenses estão na fila por cirurgias eletivas, sendo que 62% devem ser atendidos com a liberação de R$ 10,8 milhões dos recursos anunciados pelo Programa Nacional de Redução das Filas, anunciado em junho, que prevê R$ 600 milhões em investimentos, sendo de R$ 200 milhões já fora liberados aos Estados.

Leia mais:

Imagem de destaque
Crime de estupro

Dois homens condenados por crimes sexuais são presos em Campo Mourão

Imagem de destaque
Crime ocorreu em 2017

Homem condenado por estuprar a própria neta é preso em Maringá

Imagem de destaque
24,2% inadimplentes

75,8% dos veículos tributados já pagaram IPVA de 2024; veja como regularizar

Imagem de destaque
Atenção!

Apagão cibernético atinge sistema tributário da prefeitura de Rolândia


Em todo o país, a fila de cirurgias eletivas do sistema público chega a 1 milhão de procedimentos. Com os recursos liberados, as secretarias de saúde estaduais e municipais podem realizar mais de 487 mil cirurgias, o que representa 45% de redução da fila, conforme as projeções do Ministério da Saúde. 


Entre os procedimentos mais listados estão cirurgia de catarata, retirada da vesícula biliar, cirurgia de hérnia, remoção das hemorroidas e retirada do útero.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Mais de 50 mil estão em fila por cirurgias eletivas no Paraná
Ministério da Saúde liberou quase R$ 11 milhões ao Estado e calcula que 62% dos pacientes devem ser atendidos
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade