Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
18,36% de execução

PR-445 terá bloqueios de terça a sexta-feira que vem em trecho da obra de duplicação

Redação Bonde com AEN
17 nov 2023 às 10:35
- DER/PR
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) informa que a PR-445 terá bloqueios temporários de terça a sexta-feira da próxima semana (21 a 24) para lançamento de vigas das novas pontes do Rio Apucaraninha e Rio Santa Cruz, que fazem parte da obra de duplicação da rodovia entre Mauá da Serra, no Vale do Ivaí, e Lerroville, distrito de Londrina, no Norte.


Os bloqueios serão realizados ao longo dos quatro dias, nos km 15 e km 18 para a operação de içamento e posicionamento das vigas longarinas de concreto sobre as mesoestruturas das novas pontes. O tráfego será liberado temporariamente no intervalo entre cada operação, em sistema pare-e-siga.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A interdição é necessária para garantir a segurança dos usuários e funcionários trabalhando na obra, uma vez que as peças pesam 69 toneladas cada uma e têm 39,6 metros de comprimento. Serão 11 ao todo, 6 na ponte do Rio Apucaraninha e 5 na ponte do Rio Santa Cruz.

Leia mais:

Imagem de destaque
PR-090

Ponte entre Porecatu e Alvorada do Sul será interditada para obras na próxima segunda-feira (26)

Imagem de destaque
Colisão

Trecho de ferrovia em Rolândia deve ser liberado ainda nesta segunda-feira

Imagem de destaque
UEPG

Museu prepara acervo de fotos para exposição sobre o Norte Pioneiro

Imagem de destaque
Atendimento remoto

Com E-Fórum, Paraná terá novos espaços para atendimentos do Judiciário


OBRA 

Publicidade


A obra de duplicação da PR-445 tem extensão de 27,07 quilômetros, prevendo uma pista nova com duas faixas de rolamento de 3,60 m cada, em sentido único, e acostamento externo de 2,50 m, separada da pista atual por um canteiro central de 7 m a 9 m de largura e faixa de segurança de 60 centímetros de cada lado, na maior parte do trecho.


No local onde não será possível o canteiro, as pistas serão separadas por barreira rígida de concreto New Jersey, com faixa de segurança interna de 1 metro de largura em cada lado.


Além das duas novas pontes, também será implantado um viaduto no acesso ao município de Tamarana, retornos em nível, correção da geometria em curvas consideradas críticas, e restauração da pista existente.


Os serviços da obra atingiram a marca de 18,36% de execução na medição mais recente.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade