Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Encontrada por morador

Recém-nascida é abandonada em saco plástico no interior do Paraná

Celso Felizardo - Grupo Folha
28 fev 2017 às 19:14
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A recém-nascida encontrada abandonada em um saco plástico na madrugada desta segunda-feira (27) no Conjunto Hélio Lopes, tornou-se a sensação do dia na Santa Casa de Paranavaí (Noroeste). Após ser encaminhada pelo Samu ao hospital, ela recebeu cuidados médicos e passava bem. A história da garotinha, chamada de Helena pela equipe de enfermagem, comoveu a toda a equipe de funcionários, que passaram pelo berçário para conhecer a menina.

Segundo funcionários da Santa Casa, o bebê foi encontrado por um morador do bairro. Ele estava reunido com amigos na garagem de casa quando ouviu o barulho do choro do bebê. Ao sair para conferir, o morador se deparou com um saco de lixo preto com a criança dentro.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O morador do bairro Vila Operária, Alex Sandro Souza, de 24 anos, foi quem encontrou a criança. Ele relata que estava na garagem de casa tomando tererê com alguns amigos quando ouviu o choro de um bebê. Ao sair para fora da casa, encontrou um saco plástico preto com a criança. Ele enrolou a garotinha em um lençol e acionou a Polícia Militar e o Samu. Os socorristas do Samu encontraram a menina ainda com o cordão umbilical, mas saudável e respirando normalmente.

Leia mais:

Imagem de destaque
Jorge Guaranho

Justiça nega pedido de prisão domiciliar de bolsonarista que matou petista no Paraná

Imagem de destaque
Por mais de 10 quilômetros

Departamento de Estradas de Rodagem abre edital para obra da duplicação da rodovia entre Arapongas e Sabáudia

Imagem de destaque
Danos

IAT aplica R$ 40,2 milhões em multas por danos ambientais no 1º trimestre de 2024

Imagem de destaque
Assista ao vídeo

FAB intercepta aeronave com cocaína em Londrina; piloto é preso no interior de SP


Marili Vasconcelos Gomes, gerente de enfermagem da Santa Casa, informou que a criança foi atendida pelo pediatra e que passava bem. "É uma menina saudável e muito bonita. Como não é prematura e não apresenta nenhum problema de saúde, deve receber alta ainda esta semana", previu a enfermeira. O prazo mínimo de internamento para recém-nascidos é de 48 horas. "Todo mundo aqui no hospital se apegou a ela. É uma criança que vai precisar de muito carinho", comentou.

De acordo com o Conselho Tutelar, após receber alta, a menina será levada para um abrigo municipal. "Estamos fazendo o acompanhamento deste caso para dar todo o suporte para esta criança que mal nasceu e já tem uma história de vida complicada. Comemoramos que ela está bem, mas vamos tomar as medidas necessárias para assegurar que ela tenha os direitos garantidos", declarou a conselheira tutelar Matilde Vieira. A Polícia Civil instaurou inquérito para tentar identificar a mãe e possíveis outros responsáveis pelo abandono do bebê.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade