Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Ordem da Justiça

Sem licitação, Maringá vai operar torre do aeroporto

Redação Bonde
10 jun 2009 às 14:50
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A 2ª Vara Federal de Maringá decidiu que não é necessária a realização de licitação para que a empresa Terminais Aéreos de Maringá – SBMG S/A opere a torre de controle do Aeroporto Regional de Maringá.

A sentença, assinada nesta quarta-feira (10) pelo Juiz Federal Substituto José Carlos Fabri, destaca a existência de convênios entre os Governos Federal, Estadual e Municipal para que o aeroporto seja administrado e operado diretamente pelo Município, e que a empresa SBMG foi criada justamente para essa finalidade, e é integralmente mantida e gerenciada pelo próprio Município de Maringá.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Considerando que a SBMG já havia formulado um pedido administrativo para implantar torre de controle no aeroporto, e também que o Cindacta II tinha escassez de pessoal para prestar o serviço, a Justiça Federal autorizou o início de operações pela SBMG, liberando os militares para operar em outros aeroportos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Vacina Spikevax

Com nova vacina da Covid-19, Paraná esclarece quem deve receber o imunizante

Imagem de destaque
Aumento de 7%

Mortes e lesões aumentam em acidentes no Paraná em 2024, segundo PRF

Imagem de destaque
Ajude se puder!

Maringá prorroga inscrições para casamento comunitário até sexta

Imagem de destaque
Antigo Londriville

Cambé promove mutirão de serviços no Cambéville neste sábado

A 2ª Vara ainda informa que cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, localizado em Porto Alegre-RS.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade