Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Facção criminosa

Advogados suspeitos de ligação com PCC são presos

Redação Bonde
28 jun 2006 às 15:55
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Foram anunciadas, na tarde desta quarta-feira (28/6), as prisões de três advogados supostamente ligados a membros da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital). As prisões contaram com a participação da Polícia Civil de Presidente Prudente, através de mandados de prisão temporária pedidos pelo Ministério Público paulista.

De acordo com a assessoria do MP-SP, as prisões dos advogados Valéria Dammous, Libânia Catarina Fernandes e Eduardo Diamante se mostraram necessárias para viabilizar o prosseguimento de investigações realizadas pelos grupos de atuação especial de repressão ao crime organizado de São Paulo (Gaeco) e de Presidente Prudente (Gaerco), e pelo próprio Minisitério Público.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


O MP-SP afirma ter evidências concretas de que os três advogados "abandonaram a atividade profissional de defesa da garantia dos seus clientes, ligados ao PCC, e passaram a servir como elo entre os líderes da referida facção, na distribuição de ordens dentro e fora dos presídios".

Leia mais:

Imagem de destaque
Fiscalização

Operação Lei Seca em Londrina aplica 26 autos de infração e recolhe 7 veículos

Imagem de destaque
Cão Airon achou

Homem é preso com 21,650 kg de maconha em ônibus em Rolândia

Imagem de destaque
Estilo 'jogo do tigrinho'

Mulher envolvida na exploração de jogos de azar online é presa em Arapongas

Imagem de destaque
Arma tinha registro

Ladrão invade loja de celular para roubar e dono reage com 5 tiros no Paraná

As investigações foram realizadas com o apoio do Núcleo de Inteligência da Coordenadoria de Unidades Prisionais da Região Oeste do Estado de São Paulo.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade