Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Autuado em flagrante

Empresário é preso com adolescentes em motel

Redação Bonde
18 jul 2014 às 10:32
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Uma denúncia anônima feita no início de fevereiro levou a Polícia Civil a iniciar investigações contra um suspeito de pedofilia que estaria agindo na cidade de Foz do Iguaçu. Após pouco mais de cinco meses de trabalhos, policiais conseguiram prender na última quarta-feira (16) Roberto Folador de 48 anos, e Paula Silva Diniz de 18 anos. Ambos foram autuados em flagrante pelo crime de favorecimento à prostituição.

Segundo ficou constatado na investigação, Roberto, morador e empresário na cidade de Cascavel, vinha pelo menos uma vez por mês a cidade de Foz do Iguaçu com o intuito de manter relação sexual com crianças e adolescentes. Em depoimento, Paula mencionou que conhece Roberto há mais de dois anos mantinha relações sexuais com ele desde os 16 anos.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


De acordo com a Polícia Civil, Roberto perdeu o interesse por Paula quando ela completou 18 anos, e a convenceu a aliciar a irmã de 13 anos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Operação Fim da Linha

Entenda como funciona a lavagem de dinheiro do PCC em empresas de ônibus em São Paulo

Imagem de destaque
No centro

Homem suspeito de tráfico de drogas "delivery" é preso em Arapongas com mais de R$ 13 mil

Imagem de destaque
Iria para Curitiba

Carro é flagrado com 73,25 kg de cocaína em fundo falso em Ibiporã

Imagem de destaque
BR-277

Duas pessoas morrem em engavetamento envolvendo seis veículos em Guarapuava


Conforme levantado e confirmado pelas adolescentes interrogadas - na presença do Conselheiro Tutelar - no inquérito policial, Roberto pagava a importância de R$ 100 para manter relações com as adolescentes e também pagava a importância de R$ 30 por cada adolescente que Paula conseguisse agenciar a manter relações sexuais com ele.

Publicidade


Na manhã de quarta, sob o comando do delegado Luis Rogério Sodré, os investigadores montaram uma operação com vários pontos de interceptação pelas ruas da cidade e seguiram Roberto desde a entrada dele na cidade até um motel localizado na região do Portal da Foz, quando foi possível o flagrante. No momento da abordagem, Roberto estava no interior do motel acompanhado de Paula e mais duas adolescentes, de 14 anos e 15 anos.


Roberto e Paula foram presos pelo crime de favorecimento à prostituição e exploração sexual de vulnerável e encaminhados à Cadeia Pública Laudemir Neves para ficar à disposição da Justiça.


As adolescentes encontradas na companhia da dupla foram encaminhadas ao Conselho Tutelar de Foz do Iguaçu.

(as informações são da Polícia Civil de Foz do Iguaçu)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade