Pesquisar

Canais

Serviços

Paulo Monteiro/NossoDia
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Latrocínio

Londrina: mulher é rendida e morta durante assalto; filho é colocado no porta-malas do carro

Auber Silva - Redação Bonde
10 jun 2015 às 20:51
Continua depois da publicidade

Uma mulher de 44 anos foi morta com um tiro, na noite desta quarta-feira (10), após sofrer um sequestro-relâmpago na avenida Brasília, trecho urbano da BR-369. O latrocínio ocorreu por volta das 20h, no acostamento da rodovia, no sentido Londrina-Ibiporã.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

De acordo com a Polícia Militar, a professora de fonoaudiologia Mirella Guandalini conduzia seu Renault Duster quando foi rendida, no semáforo do Grêmio Londrinense, por dois assaltantes em uma moto. O filho de Mirela, adolescente de aproximadamente 16 anos, teve as pernas envoltas por fita adesiva e foi colocado pelos bandidos no porta-malas do veículo. Na sequência, um dos criminosos passou a ocupar o banco do passageiro.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Poucos quilômetros adiante, a motorista começou a passar mal e parou o carro no acostamento. Irritado, o assaltante que estava dentro do Duster desferiu um tiro contra a cabeça da mulher e fugiu na motocicleta do comparsa. Os socorristas do Siate foram acionados, mas Mirella já estava sem vida. O filho não foi ferido.

A PM faz diligências para localizar a dupla, que tomou o sentido de Ibiporã. O perito de plantão do Instituto de Criminalística da Polícia Civil foi chamado para fazer a perícia do local do crime.

Mirella era moradora de Ibiporã.

Continua depois da publicidade

(matéria atualizada às 21h40, com informações do repórter Paulo Monteiro, do Jornal NossoDia)


Continue lendo