Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Em Curitiba

Suspeito de crimes, sargento da PM é fuzilado

Redação Bonde
25 jun 2009 às 12:02
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O sargento Ademir Leite Cavalcanti, 39 anos, lotado no 12.º Batalhão da Polícia Militar, morreu fuzilado por volta de 21 horas desta quarta-feira (24), em Santa Felicidade, Curitiba.

Segundo reportagem do site Parana Online, o carro do policial, um Palio, tinha pelos menos 30 buracos de tiros. Dezenas de estojos calibre ponto 40 e 9 milímetros, provavelmente de metralhadoras, foram recolhidos perto do veículo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Dentro do carro do sargento havia quatro celulares e um tablete de maconha. Por causa dos disparos, ele acabou perdendo o controle e batendo contra um poste.

Leia mais:

Imagem de destaque
Norte Pioneiro

Donos de sítios são autuados em R$ 315 mil por destruição de vegetação de Mata Atlântica em Cambará

Imagem de destaque
Inacreditável

Mãe explorava filha de 13 anos por R$ 100 em motel; 3 são presos

Imagem de destaque
Desvio de doações

Jornalistas indiciados por 'escândalo do pix' movimentaram R$ 3,4 milhões em um ano

Imagem de destaque
Envolvimento com tráfico

Ataque a tiros em festa infantil deixa pai, filho e prima mortos em MG


Testemunhas disseram que os disparos foram efetuados por dois homens que estava dentro de um carro branco, mas não souberam identificar o modelo.


O sargento morto estava afastado do serviço porque estaria sendo investigado. Ele já havia respondido processos administrativos e criminais.

Cavalcanti foi citado como envolvido no incêndio na Promotoria de Investigações Criminais, em dezembro de 2000, e no assassinato do major Plocharski, do 13.º BPM, em janeiro de 2005, porém, em nenhum dos casos foi comprovada sua participação.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade