Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Pesquisa

Avaliação positiva de Lula vai a 36% e a negativa agora é de 30%, aponta Quaest

Matheus Tupina - Folhapress
10 jul 2024 às 08:35
- Marcelo Camargo/Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O governo Lula (PT) mostra tendência de melhora na percepção da opinião pública, indica nova pesquisa Quaest divulgada nesta quarta-feira (10).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Leia mais:

Imagem de destaque
Crescimento de 1,54%

Londrina registra 399,7 mil eleitores municipais em 2024

Imagem de destaque
Ano eleitoral

Arquidiocese de Londrina apresenta cartilha com orientações para eleição municipal

Imagem de destaque
Debate inevitável

Cúpula da Câmara quer discutir nova reforma da Previdência em 2025

Imagem de destaque
Pedidos de renúncia

Porta-voz da Casa Branca diz que Biden terminará o mandato

As avaliações positivas do atual mandato do petista foram de 33% em maio, época do último levantamento, para 36% agora, descolando das negativas, antes também com 33%, e agora com 30%. Afirmaram avaliar o governo como regular outros 30%, e 4% não sabem ou não quiseram responder.

Publicidade


A empresa de pesquisa e consultoria entrevistou presencialmente nesta rodada 2.000 brasileiros com 16 anos ou mais de sexta-feira (5) e segunda-feira (8). A margem de erro desta rodada é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.


Comparando o resultado a outros levantamentos da Quaest, a avaliação positiva do presidente está em patamares parecidos com os de dezembro de 2023 e fevereiro de 2024, quando registrou 36% e 35%, respectivamente.

Publicidade


O mesmo ocorreu com as opiniões negativas, que aparecem em valor semelhante ao do último mês do ano passado, quando eram 29%.


Um segmento em que o petista tem patinado para obter melhores resultados é o dos evangélicos.

Publicidade


A avaliação neste grupo é de 39% negativa, 30% regular e 26% positiva, uma oscilação favorável ao presidente em relação a maio, quando foram registradas opiniões 42% negativas, 32% regulares e 23% positiva.


O cenário não pode ser considerado uma melhora por causa da margem de erro: quatro pontos percentuais para esse grupo da sociedade. O mesmo pode ser visto nos segmentos raciais e de gênero, em que Lula conseguiu ter oscilações em seu favor tanto nas considerações positivas, quanto nas negativas.

Publicidade


A Quaest questionou o eleitor se aprova ou reprova o trabalho que o atual mandatário está fazendo. São 54% os que referendam o trabalho do chefe do Executivo federal, e 43% os que rejeitam, com margem de erro de dois pontos. Não sabiam ou não quiseram responder 4%.


Em maio, eram 50% os que referendavam o trabalho do presidente. Entre os que reprovavam à época eram 47%.


O levantamento da Quaest é financiado pela corretora de investimentos digital Genial Investimentos, controlada pelo banco Genial.


Imagem
Câmara rejeita modificações do Senado para o novo Ensino Médio
A Câmara dos Deputados aprovou nesta terça-feira (9) mais mudanças na reforma do ensino médio. A proposta já havia sido analisada pelo Senado e agora será enviada à sanção presidencial.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade