Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Em outubro deste ano

Mais de 400 mil londrinenses estão aptos a votar nas eleições municipais

Douglas Kuspiosz - Grupo Folha
03 jun 2024 às 10:00
- Marcello Casal Jr./Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Após um intenso trabalho de mobilização da Justiça Eleitoral, que realizou plantões e estendeu o horário de atendimento até o fim do prazo para regularização do título de eleitor, Londrina ultrapassou a marca de 400 mil eleitores - número próximo da população de Maringá que, segundo o IBGE, está em 409 mil habitantes (Censo 2022). 


O número oficial do eleitorado em todo o Estado deve ser divulgado no começo de junho, mas a FOLHA teve acesso, nesta semana, ao balanço parcial do TRE (Tribunal Regional Eleitoral). 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O aumento - por enquanto - é de quase sete mil eleitores em comparação com o cenário em 2022, quando 393.687 pessoas estavam aptas a ir às urnas no dia da eleição. Em Tamarana (Região Metropolitana de Londrina), que integra o Fórum Eleitoral londrinense, já são mais de 9,3 mil eleitores. 

Leia mais:

Imagem de destaque
Evento híbrido

Assédio eleitoral é tema de seminário no Tribunal Regional Eleitoral do Paraná

Imagem de destaque
Atendimento a critérios

PL, PT e União vão receber 41% dos recursos do Fundo Eleitoral em 2024

Imagem de destaque
Projetos de Lei

Mérito do aumento salarial da GM é indiscutível, mas é preciso ter legalidade, diz presidente da Câmara

Imagem de destaque
Entenda

Entenda a medida provisória do governo que beneficia os irmãos Batista


Para o juiz eleitoral Mauro Ticianelli, que está à frente da 157ª Zona Eleitoral de Londrina, a marca de 400 mil eleitores já era prevista antes mesmo do fim do prazo - no dia 4 de maio, por exemplo, o TRE (Tribunal Regional Eleitoral) indicava 398.559 eleitores.

Publicidade


“Estávamos mais torcendo do que imaginando. Mas, isso é muito legal e mostra como Londrina é grande”, ressaltando o grande volume de atendimentos nos mutirões realizados - no último dia do prazo, 8 de maio, foram mais de mil atendimentos.


A avaliação de Ticianelli é que, além de consolidar (ainda mais) Londrina como o segundo maior colégio eleitoral do Paraná, o número ressalta o destaque da cidade no cenário nacional. No total, são 1.182 seções.

Publicidade


“Quantas capitais são menores que a gente [em número de eleitores]? São números que mostram como a gente é uma cidade grande. Vamos precisar de bastante gente nova [voluntários trabalhando nas eleições], urna nova. A gente ganha o direito de ter sempre o material mais novo no Estado. Então, eu acho que é legal, sempre importante”, acrescenta.


Uma das ações realizadas pela Justiça Eleitoral neste ano foi o incentivo para o alistamento de jovens eleitores, através da campanha “Se Liga 16”. 


Apesar de os números ainda não estarem fechados, os últimos dias da regularização já indicavam um grande número de jovens fazendo o primeiro título. No dia 8 de maio, por exemplo, 553 alistamentos foram feitos em Londrina. “Nós tivemos uma resposta muito grande da moçada. Isso foi gratificante”, lembra.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Mais de 400 mil londrinenses estão aptos a votar em outubro
Para especialista, aumento do eleitorado é reflexo da participação dos jovens no processo democrático
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade