Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Personalidade na decoração

Dicas sobre adegas e cantinhos do bar em casa

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
05 mai 2021 às 15:59
Continua depois da publicidade

Em uma casa de anfitrião, pensada para receber bem, dedicar um cantinho para deixar as bebidas sempre à mão é essencial. Seja através de uma adega, seja ao criar um espaço para bar, essa é uma forma de estar sempre pronto para receber as visitas e, ainda, garantir um toque de personalidade no décor. "A escolha por uma adega ou simplesmente um cantinho do bar vai de acordo com as preferências de quem mora. Um enófilo com uma coleção mais extensa de rótulos, por exemplo, vai optar por uma adega, tendo em seu projeto todos os requisitos necessários para a manutenção de seus vinhos”, indica Ieda Korman, arquiteta a frente do Korman Arquitetos. Agora, para aqueles que gostam de reunir amigos ou que olham para a casa como um local de ponto de encontro, o bar pode ser uma solução simplificada.

Continua depois da publicidade


Mais do que a paixão por vinhos, ter uma adega em casa necessita de alguns cuidados, mas é a solução perfeita para armazenar e manter os rótulos em estado e temperaturas ideais para cada um. "A escolha por uma adega projetada requer espaço e tecnologia própria, ou então o investimento em um subsolo, que tenha a temperatura e materiais corretos para receber os vinhos sem danificá-los”, aponta Ieda Korman. Tijolos e madeiras são materiais indicados para sua criação, pois preservam as características ideais do vinho até o momento da degustação. "A iluminação do local também deve ser levada em conta, uma vez que as bebidas não devem ficar expostas a muita luz. Prefira iluminação embutida e indireta”, afirma.

Continua depois da publicidade


Por se tratar de um projeto personalizado e que demanda bastante espaço, esse tipo de adega costuma ser um grande investimento. Portanto, uma solução para projetos menores é apostar em adegas e caves industriais, elétricas. "Existem diversos modelos no mercado, com tamanhos variados, para todo tipo de amante de bebidas”, diz a profissional do Korman Arquitetos. Como ela possui refrigeração própria, pede por menos cuidados e pode ser disposta em diversos ambientes da casa. "Uma dica é deixá-la próxima de um móvel que contenha os itens essenciais para um bar, como taças, saca-rolhas e outros”, indica Ieda Korman.


Agora, as adegas não são indispensáveis para aqueles que desejam ser bons anfitriões. Muitas vezes um cantinho do bar já atende às necessidades do morador, que pode dispor sobre uma bandeja as principais garrafas. "Nesse caso, o cuidado principal é com a disposição das bebidas, atentando-se à organização”, diz a arquiteta. O espaço pode ser montado sobre uma bandeja em um aparador, sobre um carrinho – que garante ainda mobilidade, sendo uma opção muito versátil – ou até receber um mobiliário dedicado exclusivamente para ele.

Continua depois da publicidade


"Independente do mobiliário escolhido para abrigar o bar, o indicado é deixá-lo localizado sempre próximo da área social”, diz Ieda Korman. Isso porque facilita na hora de servir aos convidados.

"É necessário apenas tomar cuidado com a incidência de luz solar, que pode danificar as bebidas”, afirma a arquiteta. Portanto, deve-se tomar um cuidado especial com bares em varandas gourmet, espaço muito escolhido por ser perfeito para as horas de lazer. "Nesse caso, garanta que o bar ou adega estejam em um canto que a luz solar não incida diretamente”, indica.


Continue lendo