Pesquisar

Canais

Serviços

- Luis Gomes
Soluções versáteis

Veja como iluminar ambientes em apartamentos pequenos

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
25 ago 2021 às 15:42
Continua depois da publicidade

Quem vive em apartamento pequenos sabe o desafio que é buscar alternativas para ganhar espaço, sem perder o charme na decoração. Muita gente aposta em mobiliários planejados, em peças multiuso, ou em soluções diferentes para harmonizar os ambientes, mas acaba se esquecendo de um aspecto muito importante: a iluminação! Afinal, diversas sensações como amplitude, bem estar, aconchego e concentração podem ser obtidas a partir da escolha das luminárias e luzes corretas. A Yamamura, referência no segmento, aproveita para indicar ideias para cada cômodo pequeno do lar. Confira!

Continua depois da publicidade


Dicas gerais

Continua depois da publicidade


Em apartamentos menores, geralmente com integração total ou parcial, é bom contar com um tipo de iluminação versátil, por meio de luminárias para fins diversos. Por conta disso, opte por peças compactas, mas eficientes para várias atividades. Um modelo perfeito é a arandela articulada, que permite um manuseio mais flexível da peça. Outras opções bastante utilizadas são as luminárias de mesa e de piso com instalação fácil (para a maioria delas basta conectar na tomada!). Assim, é possível dar aquela repaginada em casa sempre que necessário, e o melhor: sem o quebra-quebra das reformas. Além disso, os trilhos também representam alternativas interessantes, pois com eles é possível inserir e retirar spots a qualquer momento.


Evite!

Continua depois da publicidade


Os lustres de cristal grandes e imponentes devem ser evitados, pois ocupam muito espaço, fator que limita o uso da peça e reduz as dimensões do ambiente. Portanto, seu uso é melhor em cômodos amplos. Além disso, ventiladores de teto maiores, que sejam desproporcionais ao local, também podem atrapalhar. Em geral, todas as peças de grandes volumes devem ser evitadas, a fim de proporcionar uma sensação de amplitude, mesmo com pouco espaço disponível.


Salas de estar e jantar pequenas


Geralmente, as salas de estar e jantar são integradas em imóveis com metragem reduzida. Dessa forma, o tipo de iluminação deve ser eficiente para ambas as funções. Exatamente por isso, as luzes de temperatura de cor branco quente (2400K a 3000K) são ideais para compor um ambiente intimista, perfeito para receber convidados para um jantar agradável, ou ainda, em uma noite de jogos. Quanto aos tipos de luminárias mais indicadas estão pequenos pendentes decorativos, que podem ser dispostos em cima da mesa de jantar, ou ainda, de trilhos ou plafons minimalistas, que combinem entre si. Nesse sentido, as peças precisam ser versáteis e não devem fechar completamente a visão dos moradores com o todo, uma vez que isso promove a separação entre os espaços e, consequentemente, os torna mais estreitos.


Cozinhas e banheiros pequenos


Nos casos de cozinhas e banheiros compactos é recomendado o uso de peças que proporcionem maior eficiência e ocupem menos espaço. O uso de perfis de LED em mobiliários, acima das bancadas, é perfeito para auxiliar nas tarefas, em acréscimo a peças como trilhos centrais a esses ambientes. Nesses casos, o uso de lâmpadas ou LED integrado em temperaturas de cor neutra (4000K) ou branco quente (3000K) são indicadas para que o local fique com uma iluminação efetiva, e mesmo assim, continue integrada com os demais ambientes.


Já no que se refere aos banheiros, pequenas arandelas que saem das paredes ou dos espelhos são opções eficazes e que trazem a iluminação ideal, seja para a hora da maquiagem ou de fazer a barba. Também são bem-vindos pequenos pendentes em cima das bancadas para dar um chame ao espaço. Além disso, pequenos plafons centrais são modelos simples, mas que oferecem o necessário para a iluminação geral. Vale lembrar que, um pequeno plafon de lâmpada PAR 20 e IP65 dentro do box (desde que com tensão de 12V para evitar choques), ou ainda, o uso de lâmpadas RGB que garantem o efeito de cromoterapia são detalhes que deixam o espaço mais relaxante. Iluminações em temperaturas de cor banco quente (3000K) são as ideais para deixar esse ambiente mais aconchegante.


Quartos Pequenos

Quando o assunto é quarto pequeno, deve-se sempre pensar no tipo de iluminação que traga mais conforto. Portanto, a utilização de trilhos com spots R-70 (para um ambiente cenográfico e com contrastes de luz e sombra) são ideais para relaxar após um dia intenso de trabalho. Com esses produtos é possível direcionar a luz para quadros, espaços de circulação, ou até mesmo, cantinhos de estudos para a leitura de um bom livro. Outra opção para o quarto é o uso de arandelas e pequenos pendentes nas laterais das camas, ou nas cabeceiras. A utilização dessas peças com luz indireta traz uma iluminação mais aconchegante para o espaço, recomendada para uma boa noite de sono. Ainda nessa atmosfera, outra ideia é o uso de plafons, também com luz indireta, que oferece suavidade.


Continue lendo