10/08/20
28º/15ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Despesas em casa influenciaram

Brasileiros tiveram aumento no custo de vida durante pandemia, mostra pesquisa

Freepik
Freepik


Para 60% dos brasileiros, os gastos com alimentos, produtos e serviços para si e suas famílias aumentaram desde o início da pandemia do novo coronavírus. Este é o resultado da pesquisa Ipsos Essentials: Cost of Living Amid Covid-19, realizada pela Ipsos com 18 mil entrevistados – sendo 1.000 do Brasil – de 26 países. Enquanto seis em cada 10 notaram uma alta no custo de vida, 15% disseram que os gastos diminuíram e 25% não sentiram diferença alguma nas contas no fim do mês.


O impacto da Covid-19 para a população brasileira é muito similar à média global. Considerando o total de participantes do estudo, 60% relataram aumento nos gastos, 12% perceberam uma diminuição e 29% disseram que os custos são os mesmos de antes da pandemia.


O que pesa no bolso do consumidor?

Na percepção dos entrevistados brasileiros ouvidos pelo levantamento, as compras de mercado – alimentação e produtos de limpeza – são as que mais alavancaram a alta nos custos durante a pandemia: 65% disseram ter tido gastos maiores nesses itens. Para 29%, permaneceram iguais e, para apenas 6%, os gastos diminuíram.

Os custos fixos, como serviços de água, energia e gás, também estão entre os que mais cresceram, na opinião dos participantes do Brasil. Para 46%, houve aumento nessas contas, 45% disseram estar iguais e 9% tiveram diminuição nos gastos. Já o valor dispendido em impostos ficou maior para 33%, enquanto 7% relataram queda nos custos e 60% não notaram diferença.

Em contrapartida, outras despesas ficaram menos custosas. É o caso dos gastos com transporte que, para 35% dos brasileiros, estão menores. Se mantêm os mesmos para 42% e aumentaram para 23%. Diminuíram também, para 34% dos entrevistados, os custos com roupas, sapatos e acessórios. Já 20% disseram que estão gastando mais e 46% não perceberam nenhuma mudança no bolso.

O estudo on-line foi realizado com 18.000 entrevistados com idades de 16 a 74 anos em 26 países, entre os dias 22 de maio de 05 de junho de 2020. A margem de erro para o Brasil é de 3,1 p.p..
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Conteúdo relacionado:
Entenda
Melhorias na casa puxam pedidos de empréstimo consignado na quarentena
Entenda como funciona
Seguro por ser um aliado para cobrir os prejuízos de fenômenos naturais
Saiba mais
Leilões de imóveis crescem 25% durante a pandemia
Continue lendo
Rotina de treinos
5 dicas para planejar e seguir uma rotina de exercícios físicos em casa
07 AGO 2020 às 18h26
Veja o seu!
Como é a decoração da casa de cada signo? Descubra!
07 AGO 2020 às 16h29
Rosa e acobreado
Você sabe como aplicar o rose gold na decoração? Dicas para não errar!
06 AGO 2020 às 18h18
Sono de qualidade
Descubra qual o melhor tipo de travesseiro para você
06 AGO 2020 às 16h42
Xô bactérias!
Efeito antibac: entenda como ele funciona na limpeza doméstica
05 AGO 2020 às 18h17
Decoração
Saiba como escolher móveis para varandas e áreas externas
05 AGO 2020 às 15h45
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados