29/01/20
32º/19ºLONDRINA
Diferenças

Qual é o ventilador ideal para você? Saiba como escolher

Conheça o ventilador mais adequado para sua casa e espante o calor de vez

A variedade de modelos de ventiladores disponíveis no mercado é grande. Em meio a tantos modelos, a dúvida é saber qual o ideal na hora da compra. Entenda a diferença entre os modelos disponíveis e descubra qual ventilador é mais apropriado para você e sua família.

Ventilador de teto



Reprodução
Reprodução



O uso do ventilador de teto resolve dois problemas de uma só vez: a climatização e a iluminação do ambiente. Existem no mercado muitos ventiladores de teto decorativos com as mais variadas opções de iluminação combinando com qualquer ambiente. O vento do ventilador de teto impede que os mosquitos e pernilongos consigam voar, impedindo que eles piquem as pessoas. Neste caso, é possível dormir com a janela aberta, conseguindo-se uma ventilação adequada do ambiente sem o incômodo de ser picado.

Circuladores



Reprodução
Reprodução



Diferente do ventilador, que concentra o vento em uma única direção, o circulador, como o próprio nome diz, tem a função de promover a circulação o ar, distribuindo-o em várias direções, homogeneamente.

Um circulador realiza movimentos circulares para distribuir o vento produzido. É indicado para quartos com crianças, por exemplo, salas de aula, sala de visitas com cantos vivos. Já um ventilador é focado em um único ponto. Seja no teto, na parede ou utilizando um pé regulável apontando para uma parte do cômodo. São perfeitos para locais menores ou para quem dorme sozinho.

Ventiladores Tradicionais

Estes modelos são subdivididos em ventiladores de mesa e de piso.

Ventilador de mesa: São ventiladores de baixa potência utilizados normalmente em escritórios ou em ambientes onde necessitam de pouca ventilação. Não permitem contato com a hélice, além de ter mais praticidade, alta vazão e distribuição de ar no ambiente.

Ventilador de piso: Portáteis e silenciosos possibilitam que sejam colocados no chão em diversos ambientes da casa, podendo ser encontrados em vários modelos e formas: de pés, torre, circulares e quadrados.

Ventilador de parede: São fixados na parede, permitindo uma maior circulação em lugares estreitos, onde o uso de ventiladores não é suportado devido à largura do ambiente, ou mesmo em conjunto com os ventiladores, proporcionando uma maior circulação de ar.



Reprodução
Reprodução



Dicas na hora de escolher o ventilador ideal

Para quem precisa de ventilação em um único ponto: o mais indicado é o ventilador. Seja no teto ou preso à parede ou com regulagem de altura, este tipo de solução é a mais indicada quando os cômodos são menores. Ou para refrescar quem dorme sozinho.

Para cobrir uma área maior: opte pelo circulador. Em situações como várias crianças dormindo em um mesmo quarto, uma sala de aula cheia ou um escritório com muitas ilhas de trabalho, um circulador é a escolha ideal. Ele vai dividir a ventilação em um ângulo maior, em alguns casos até mesmo 180 graus.

Para quem busca versatilidade e decoração: os ventiladores de teto representam uma solução completa. Eles permitem a inversão de rotação e, desta forma, refrescam em dias quentes e circulam o ar mais agradável em dias frios, funcionando também como exaustores em casos de odores fortes.

Serviço:
www.magazineluiza.com.br

Redação Bonde
comentários
Continue lendo
Confira!

Crie espaços funcionais em qualquer ambiente

Limpeza após folia

Saiba como remover o glitter das roupas do carnaval

Veja mais e a capa do canal