Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Filme Haruo Ohara tem pré-estréia nessa quinta, dia 8

05 abr 2010 às 09:25
Continua depois da publicidade

O filme Haruo Ohara, uma realização da Kinoarte (Instituto de Cinema e Vídeo de Londrina), terá sua pré-estréia nessa quinta-feira (8 de abril de 2010), a partir das 21 horas, no Cine Teatro Universitário Ouro Verde UEL, com entrada franca. Produzido com patrocínio do Ministério da Cultura, o curta-metragem de 16 minutos mostra a vida e a obra do imigrante, agricultor e fotógrafo japonês Haruo Ohara (1909-1999) e irá integrar a noite de abertura do Fotolink – Encontro Internacional da Imagem.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Notícia biográfica

Continua depois da publicidade


Nascido a 5 de novembro de 1909 na província japonesa de Kochi, ilha de Shikoku, no Japão, Haruo se mudou para a região de Londrina em 1933. Entre 1934 e 1999, paralelamente à sua vida de agricultor, produziu quase 20 mil fotos da cidade, tornando-se uma referência estética e histórica para a memória visual de Londrina. Entre os principais temas de sua fotografia estão a vida no campo, o convívio com a família, a cidade de Londrina e a busca por imagens abstratas, tendência acentuada após a sua mudança para a região central de Londrina em 1951. Por não se considerar um fotógrafo "profissional", Haruo nunca expôs e comercializou suas obras em vida. Em 1998, um pouco antes de sua morte, o Filo (Festival Internacional de Londrina) realizou uma primeira retrospectiva de sua obra. Em 2000, suas fotos foram o destaque da 3ª Bienal Internacional de Curitiba. Em 2003, sua vida foi narrada na biografia Lavrador de Imagens, de Marcos Losnak e Rogério Ivano. E em 2008 sua obra passou a integrar o acervo do Instituto Moreira Salles.


Haruo Ohara, o filme

Continua depois da publicidade


Contemplado em um edital federal para curtas-metragens em 35mm em outubro de 2008, o filme Haruo Ohara começou a ser produzido em março de 2009. Após três novas versões do roteiro, iniciou-se o processo de seleção de elenco, pesquisa de locação e de objetos de cena: "Tivemos muita sorte em todas as etapas de realização desse filme. Inicialmente encontramos um elenco perfeito e um protagonista fantástico, o sr. Marco Hisatomi. Contamos com um apoio imprescindível do Instituto Moreira Salles, que nos cedeu fotos e informações relativas ao Haruo, e uma contribuição essencial do Museu Histórico de Londrina, que nos emprestou cerca de 250 objetos de cena. Para concluir, encontramos locações fantásticas, principalmente as fazendas Bimini e Santa Cruz, em Rolândia, e o sítio do Sr. Paulo Nakamura, na zona rural de Londrina", explica o produtor do filme e atual presidente da Kinoarte, Bruno Gehring.


A idéia de realizar o filme Haruo Ohara era antiga: "Desde o nosso primeiro filme, Londrina em Três Movimentos (2004), queríamos produzir algo sobre o Haruo. Em 2006, em meio à pré-produção do curta Satori Uso (2007), estudamos algumas fotos do Haruo tanto como elemento histórico, como referência estética para o filme. Ao surgir a idéia de realizar uma trilogia sobre três artistas na Londrina dos anos 50, achamos que o filme sobre Haruo seria o mais difícil, já que ele é o nosso maior artista visual e, por mais que nos empenhássemos, nossa abordagem visual sempre seria inferior à linguagem criada por ele", observa o diretor e roteirista do filme, Rodrigo Grota.


Rodado entre 4 e 12 de julho de 2009 em 15 locações entre Londrina e região, o filme Haruo Ohara conta com um elenco local repleto de descendentes de japoneses: Marco Hisatomi é Haruo Ohara; Márcia Kinjo vive Kô Sanada, esposa de Haruo; os nove filhos do casal são interpretados por Taís Matsumoto (Tomoko), Bianca Kinjo (Kazuko), Vivian Kinjo (Rosa), João Pedro Nakagawa (Hirak), Iasmin Naomi Obara (Toyoko), Victor Diody (Sunao), Lucas Kenji (Pedro), Rafael Felipe Ueda (Ciro) e Mariana Lye (Maria). Kooki Miyamoto (Ciro mais velho), Lina Harumi Kawakani (sobrinha de Haruo e Kô), Rogério Ivano (Satori Uso), César Sumyia (Hikoma Udihara), Ushi Oshiro (Vó Umeji) e Paulo Tanaka (amigo da família) completam o elenco. O filme ainda conta com a participação especial de duas filhas de Haruo, Toyoko Ohara e Maria Etuko, além da inclusão em cena de várias fotos de Haruo cedidas pelo Instituto Moreira Salles.


O filme Haruo Ohara é o último episódio da Trilogia do Esquecimento, série iniciada pelos curtas Satori Uso (2007) e Booker Pittman (2008) e que soma mais de 20 prêmios entre festivais nacionais e internacionais. Os filmes mostram a vida de um poeta, de um músico e de um fotógrafo na mítica Londrina dos anos 50 – o objetivo é resgatar personagens até então pouco conhecidos do grande público. No segundo semestre, a Kinoarte irá lançar um DVD incluindo os três curtas, encarte especial e uma série de extras, com tiragem de 3 mil exemplares e distribuição gratuita em escolas e instituições ligadas a cinema. O DVD da Trilogia do Esquecimento contará com patrocínio da Prefeitura de Londrina via Promic (Programa Municipal de Incentivo à Cultura).


FICHA TÉCNICA_HARUO OHARA


Direção, Roteiro e Montagem: Rodrigo Grota
Produção: Bruno Gehring
Direção de Fotografia e Operador de Câmera: Carlos Ebert, ABC
Direção de Arte: José de Aguiar
1º Assistente de Direção de Fotografia e Operador de Câmera 2: Anderson Craveiro
Eletricista e Cenotécnico: Cícero Barbosa
Figurino: Nélio Pinheiro
Projeto Gráfico: Felipe Augusto & Guilherme Gerais
Cabelo e maquiagem: Christian Ferreira de Amorim & Julio César Nunes
Assistentes de Direção: Artur Ianckievicz & Guilherme Peraro
Estagiária de Direção: Roberta Takamatsu
Assistentes de Direção de Fotografia: Danilo Miranda, Felipe Augusto & Guilherme Gerais
Assistente de Produção: Argel Medeiros
Estagiários de Produção: Giovana Toffolo, Isadora Rara, Mark Claus & Nadine Gatti
1ª Assistente de Direção de Arte: Amanda Coelho
Assistentes de Direção de Arte: Carlos Guilherme Fortes, Denise Lezo & Evelyssa Sanches
Assistentes de Figurino: Ella Mello & Milena Saito
Still: Guilherme Gerais
Making of: Bruno Oliveira
Imagens em Super-8 e Tradução: Sunao Ohara
Elenco: Marco Hisatomi, Márcia Kinjo, Rogério Ivano, César Sumyia, Toyoko Ohara, Maria Etuko Ohara, Taís Matsumoto, Bianca Kinjo, Vivian Kinjo, João Pedro Nakagawa, Iasmin Naomi Obara, Victor Diody, Lucas Kenji, Rafael Felipe Ueda, Kooki Miyamoto, Lina Harumi Kawakani, Mariana Lye, Ushi Oshiro e Paulo Tanaka
Motoristas: Brás Ferreira, Ivonclei (Bacana) & Seu Almudi
Estúdio de Som: Casablanca Sound
Edição de Som: Luiz Adelmo, Guta Roim, Rosana Stefanoni & Cláudio Augusto
Mixagem: Luiz Adelmo
Coordenação de Estúdio: Renata Gava
Print Master: JLS Facilidades Sonoras
Patrocínio: Ministério da Cultura – Secretaria do Audiovisual
Apoio Institucional: Instituto Moreira Salles, Museu Histórico de Londrina, Museu da Imigração Japonesa de Rolândia, Departamento de Patrimônio Histórico da Secretaria de Cultura de Londrina, Fazenda Bimini e família Ohara
Apoio Cultural: Quanta, Teleimage, Itamaraty, Restaurante Kabuto, Happen Pizza, Restaurante Kyodai, Lar Anália Franco, Cooperativa Integrada, Restaurante do Toninho, Restaurante Frigideira, Panificadora Rio Branco, Alice Claus Massas, Menina dos Olhos Bar, Bar Vilão, Igapó Madeiras, Sanepar, Farmácia Alifarma, Empadaria Nacional, RTNW (Rede Networks), jornal Paraná Shimbun, Gráfica Porto Belo, Prolar & revista taturana
Lançamento da Revista Taturana n.5


Um pouco antes da exibição do filme, por volta das 20h30, será distribuída no saguão do Ouro Verde a quinta edição da revista taturana, publicação trimestral da Kinoarte sobre cinema que conta com patrocínio do Ministério da Cultura via edital Pontos de Mídia Livre e apoio da Gráfica Idealiza e do Studio Imaje. Com matérias especiais sobre o filme Haruo Ohara e a Trilogia do Esquecimento, essa edição da revista traz como tema central o cinema produzido no Oriente, incluindo um ensaio fotográfico do londrinense Saulo Haruo Ohara; um perfil do cineasta indiano Satyajit Ray; uma declaração de princípios em prol do cinema de Kenji Mizoguchi; um comentário visual sobre o filme Limite, de Mário Peixoto; um breve histórico da trajetória do Clube de Cinema de Marília; e o texto literário que inspirou a animação Terra, de Sávio Leite. Produzi da por integrantes da Kinoarte, a revista taturana foi criada em 2007 e conta com edição de Artur Ianckievicz, Roberta Takamatsu e Rodrigo Grota, produção de Bruno Gehring, projeto gráfico de Felipe Augusto e Guilherme Gerais, além da participação dos colaboradores Anderson Craveiro, Carlos Ebert, Eduardo Reginato, Fábio Augusto, Sérgio Alpendre e Sérgio Fantini. A capa dessa edição é de Anderson Craveiro. As edições anteriores da revista podem ser lidas integralmente no site www.kinoarte.com.br/taturana. Mais informações sobre a revista também estão na taturana on line: http://revistataturana.com.


Noite de Estréia


Essa primeira exibição do filme Haruo Ohara irá integrar a noite de abertura do Fotolink – Encontro Internacional da Imagem, evento que será realizado entre os dias 8 de abril e 7 de maio, incluindo exposições, leituras de portfólios, oficinas, lançamentos de livro, mesas redondas, entrevistas públicas, debates sobre cultura, encontros com artistas e lançamentos de livros. Coordenado pela fotógrafa Fernanda Magalhães, o Fotolink é uma realização conjunta do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic) e da Divisão de Artes Plásticas da Casa de Cultura da Universidade Estadual de Londrina. As pesquisadoras e curadoras na área de fotografia Ângela Magalhães e Nadja Peregrino, que foram responsáveis pela estruturação do Núcleo de Fotografia da Funarte, são consultoras do evento. A programação começa com o lançamento do evento no dia 8 de abril, a partir das 18h, no Cine Teatro Ouro Verde (Rua Maranhão, 85). Às 18h, no Espaço de Fotografia Ouro Verde (saguão do teatro), acontece a abertura da exposição e lançamento de livros sobre os acervos de Armínio Kaiser e do Foto Estrela, organizados pelo fotógrafo e pesquisador Edson Vieira. A parir das 19h, será realizada a mesa redonda "Fotografia, preservação e linguagem: o acervo Haruo Ohara e sua importância para a fotografia brasileira contemporânea" que contará com a presença do coordenador da Reserva Técnica Fotográfica do Instituto Moreira Salles, Sérgio Burgi, e do fotografo londrinense Saulo Ohara, atualmente radicado na Suíça. Por volta das 20h30, será lançada a quinta edição da revista taturana. Na seqüência, a partir das 21h, serão exibidos os três curtas da Trilogia do Esquecimento produzida pela Kinoarte: Satori Uso (2007), Booker Pittman (2008) e Haruo Ohara (2010), em uma sessão de aproximadamente 50 minutos.


Temporada Ohara


A programação de lançamento do Fotolink está conectada com a Temporada Ohara, organizada pelo Museu Histórico de Londrina Pe. Carlos Weiss, Museu de Arte de Londrina e Biblioteca Pública Municipal, em parceria com o Instituto Moreira Salles. Serão realizadas nos espaços dos museus e da biblioteca, a partir do dia 9 de abril, as exposições Haruo Ohara – Fotografias, Haruo Ohara – Forma e abstração e Hideomi Ohara – Gratidão através da expressão.

Mais informações sobre a Kinoarte e o filme Haruo Ohara
www.kinoarte.com.br
(43) 3026 6932 | (43) 9902 2669
(43) 9954 8308 | (11) 8216 6644


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade