Pesquisar

Canais

Serviços

Todo o groove de Alexandre - Divulgação/Maurício Barone
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Todo o groove de Alexandre

31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Domingo à noite ou um dia útil qualquer. Quem nunca soltou esta frase com convicção, mesmo que em pensamento: "Amanhã eu não vou trabalhar", que atire a primeira pedra. Já se imaginou em plena terça-feira, horário comercial, deixar as burocracias de lado e extravasar o seu hobby predileto? Pensou? O que você faria?

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

O compositor e multi-instrumentista paulistano Alexandre Bruner, ou somente Alexandre Grooves, ralou durante um bom tempo para lançar ao mercado "Amanhã eu não vou trabalhar", seu primeiro álbum solo distribuído pela Tratore, depois de encabeçar a banda Grooveria.

Continua depois da publicidade


Longe de fugir de seu ofício, ao contrário, o artista uniu o útil ao agradável enquanto produzia, compunha, arranjava, tocava (piano acústico, guitarra, teclado, baixo, violão, clavinete, chimbau, ride, shaker, bateria, bongô, só para citar alguns) e cantava em todas as faixas de seu CD.


Embora fora dos holofotes da grande mídia, Grooves já compartilhou o palco com nomes conhecidos, como Seu Jorge, Jair Oliveira, Wilson Simoninha, Cláudio Zoli, Maurício Manieri e Milton Guedes.


O álbum se revela com pegada Pop e letras cotidianas de simples construção, como na faixa que dá nome ao título do disco: "Tomo um litro de café pra ver/ se eu esqueço que a minha cabeça já está pra estourar/ Eu perco o emprego, mas sei que amanhã eu não vou trabalhar". Nesta, Seu Jorge se apropria de cada frase ao lado do anfitrião, num samba-rock gostoso de ouvir. Coincidência ou não, a música já atingiu o ranking das 10 mais pedidas da Rádio Eldorado FM, em São Paulo.

Continua depois da publicidade


Em "Passar por mim", gravada por Luciana Mello em "Nega", seu último CD, o artista optou por seguir na mesma onda de arranjos e programação eletrônica. Na seqüência, "Mulher Malvada" prima pelo bom humor da letra e a presença dos metais. Aqui, a cantora e compositora Céu faz uma ínfima participação - bem lá no fundo do coro com seis pessoas...


A balada romântica fica por conta de "Junto com você", na qual Grooves canta acompanhado de seu piano acústico e um melodioso trio de cordas (violino, viola e violoncello). Maurício Manieri faz o backing vocal em ``Eu não sei rezar", faixa com harmonias e vocais clássicos de gospel music, composta em homenagem a Marcelo Manieri, irmão de Maurício, morto em 2004.


Em sua estréia solo, o artista afinado e de timbres radiofônicos deixa explícita sua influência de Djavan, Lenny Kravitz, Gilberto Gil, Ray Charles, Stevie Wonder, Jamiroquai, Beatles e claro, Mauricio Manieri e Seu Jorge. Um disco permeado de boas energias e hits que têm tudo para cair nas FMs.


Confira:


http://profile.myspace.com/index.cfm?fuseaction=user.viewprofile&friendid=88835624


http://www.alexandregrooves.com.br/


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade