Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Doenças gengivais e seus efeitos no corpo humano

24 jul 2009 às 00:01
Continua depois da publicidade

Dando continuidade no papo iniciado no artigo passado, onde tratei com os leitores sobre o sangramento gengival e sua relação com os problemas do coração, neste artigo citarei algumas outras interrelação entre a saúde bucal de um individuo e sua saúde geral. É importante ressaltar que as informações apresentadas abaixo são baseadas em estudos científicos mas não podem e nem devem substituir a avaliação de seu dentista no caso de sua saúde bucal e complementada com uma avaliação médica.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Parto Pré-maturo e baixo peso do recém-nascido

Continua depois da publicidade


Por um longo tempo, sabia-se que fatores de risco como fumo, álcool e drogas contribuíam para o nascimento de bebês prematuros e de baixo peso.


Atualmente, novas evidências têm demonstrado um novo fator de risco - a doença periodontal. Mulheres grávidas com doença periodontal podem apresentar até sete vezes mais chance de ter filhos nascidos muito antes do tempo e muito pequenos.


Mais pesquisas ainda são necessárias para confirmar como a doença periodontal pode afetar os resultados da gravidez. Parece que a doença periodontal aumenta os níveis de fluidos biológicos que induzem ao parto, podendo levar a prematuridade.

Continua depois da publicidade


Todas as infecções são motivos de preocupação em mulheres grávidas, pois podem por em risco a saúde do bebê. A Academia Americana de Periodontia recomenda que mulheres que estejam planejando engravidar devem realizar uma avaliação periodontal.



Doença Periodontal e Doença Pulmonar


Infecções respiratórias bacterianas podem ser adquiridas através da aspiração (inalação) de pequenas gotículas da boca e da garganta que vão para os pulmões. Estas gotículas contêm germes que podem se instalar e se multiplicar nos pulmões e causar danos. Alguns estudos demonstram que bactérias da garganta, assim como da boca, podem ser encontradas no trato respiratório. Isto pode causar infecções ou piorar condições pulmonares já existentes. Pessoas com doença respiratória, tal como a doença pulmonar obstrutiva crônica (DPOC), sofrem tipicamente de problemas de imunidade no organismo, tornando mais difícil eliminar bactérias dos pulmões.


E as bactérias que habitam a cavidade bucal podem ser aspiradas para os pulmões e causar doenças respiratórias, como a pneumonia, especialmente em pessoas com doença periodontal. As doenças pulmonares obstrutivas crônicas causam obstrução persistente das vias aéreas. A causa principal desta doença parece ser o hábito de fumar por um longo período. Os produtos químicos e a poluição do ar irritam as vias aéreas causando obstrução. Danos futuros aos tecidos e a função pulmonar podem ser prevenidos, mas danos já estabelecidos não podem ser recuperados. A doença pulmonar obstrutiva crônica não-diagnosticada ou não-tratada pode resultar em danos irreversíveis. Atualmente, estudos estão em andamento para estabelecer como a higiene oral e a doença periodontal podem estar associadas com as doenças pulmonares.


Portanto, ter uma boca saudável, sem doença periodontal é de grande relevância para a sua saúde geral.


* Para saber mais sobre este item consulte um médico pneumologista.



Doença Periodontal e a Osteoporose


Hoje já se pode afirmar que existe uma relação entre a osteoporose e a perda óssea mandibular. A osteoporose pode levar a perda dentária porque a densidade óssea ao redor do dente pode ser afetada, o que significa que o dente não terá mais uma fundação sólida.


Entretanto, uma terapia de reposição hormonal pode oferecer alguma melhora. A utilização de suplemento de estrogênio em mulheres na menopausa diminui a progressão da doença periodontal. Os pesquisadores suspeitaram que a deficiência de estrogênio e a osteopenia/osteoporose aumentam a progressão de perda óssea bucal durante a menopausa, o que poderia levar a perda dentária. Alguns trabalhos científicos também concluiram que a reposição com estrogênio foi capaz de diminuir a inflamação gengival e a perda de inserção (destruição das fibras e osso que suportam os dentes) em mulheres com sinais de osteoporose.


* Consulte sempre seu médico ginecologista e um endocrinologista.



Doença Periodontal e Doença Cerebrovascular



Alguns estudos têm apontado para uma associação entre a doença periodontal e o acidente vascular cerebral (AVC), conhecido popularmente como derrame cerebral. Em um estudo sobre a relação causal da infecção bucal como fator de risco para o AVC, indivíduos diagnosticados com isquemia cerebrovascular aguda apresentavam mais infecção bucal comparado a pacientes de outro grupo.



Doença Periodontal e a Diabetes


Pessoas com diabetes são mais suscetíveis à doença periodontal do que pessoas sem diabetes, provavelmente porque indivíduos diabéticos estão mais propensos a contrair infecções. De fato, a doença periodontal é geralmente considerada a sexta complicação do diabetes.


Os indivíduos que não controlam a diabetes estão especialmente sob risco. Um estudo recente descobriu que pacientes com diabetes tipo 2 não-controlada são mais susceptíveis a desenvolver doença periodontal do que pacientes com diabetes controlado.


Entretanto, recentemente pesquisas têm sugerido que a relação entre a doença periodontal e a diabetes caminha para ambos os lados, a doença periodontal pode tornar mais difícil para pacientes com diabetes controlar os níveis de açúcar no sangue.


Doença periodontal severa pode aumentar o açúcar no sangue, contribuindo para elevar os períodos de tempo em que o organismo funciona com níveis altos de açúcar. Isto põe os diabéticos sob um risco aumentado de complicações do diabetes. Portanto, diabéticos que têm doença periodontal devem ser tratados para eliminar a infecção periodontal.


Até o próximo artigo e abraço a todos!


Fonte: www.periodontia.org


Conheça o Trabalho da Clínica Ateliê Dental - Andirá - Paraná - Fone (43) 3538-4072
Fale comigo: www.ateliedental.com.br


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade