Pesquisar

Canais

Serviços

O desconhecido Lee Pace intepreta Ned em "Pushing Daisies"
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Originalidade da TV X Cinema

09 dez 2007 às 11:00
Continua depois da publicidade

Outro dia me peguei pensando pra onde foi parar a criatividade da indústria cinematográfica. Pelo menos pelo momento, a resposta é que a criatividade dos filmes foi parar na tela pequena.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Tudo bem que existe milhões de séries com altíssima audiência sobre hospitais, como Grey's Anatomy e Dr. House, outras milhares sobre justiça e uma infinidade sobre os departamentos da polícia. Mas a Tv está dando um banho de originalidade na 7ª arte ultimamente. Já dizia um ex-candidato a prefeitura de Curitiba "Chega dos Mesmos".

Continua depois da publicidade


Principalmente quando vejo séries como "Pushing Daisies" e "Flight of the Conchords". Histórias com enredos totalmente originais e diferentes de tudo que você já viu na TV.


Começamos com "Pushing Daisies" que se trata da história de um rapaz chamado Ned, um "fazedor de tortas". Ned tem o poder de ressuscitar os mortos com o seu toque. Mas a vida do morto ressuscitado não pode durar mais de um minuto porque outra pessoa acaba morrendo. Com o primeiro toque ele ressuscita e com o segundo ele mata. Ned acaba se transformando num caçador de recompensas. É um trabalho fácil já que basta ressuscitar o morto, perguntar quem o matou e pronto: ele ganha a recompensa.

Continua depois da publicidade


Acontece que uma das pessoas assassinadas que ele vai investigar é sua paixão desde a infância. E ele acaba não re-matando a moça. Mas a partir daí ele nunca mais poderá tocar por segunda vez a menina, já que isso implicaria a morte dela. Ele a ama, mas não pode tocá-la.


Além da trama mais que original a série tem um clima muito sombrio e um humor totalmente negro. Um clima meio Tim Burton, com uma direção de arte e fotografia únicas entre todas as séries que vi. Existe um narrador que conta a história de uma maneira totalmente peculiar, como se estivéssemos ouvindo uma história de conto de fadas. Alguém já viu o filme "Desventuras em série" com o Jim Carrey? É mais ou menos disso que estou falando. Fora toda a fauna de personagens mais bizarros, como duas irmãs já mais velhas que nutrem uma fobia de qualquer coisa que haja fora das paredes de sua casa e, que antes, eram uma dupla de nado sincronizado muito famosa. O criador da sére, Bryan Fuller, já tem um pouco morbidez no seu currículo. É o mesmo criador de "Dead like me" que passava no canal americano Showtime.


Para ter uma idéia, o site metacritic.com, que faz um compilado das notas dadas pelos veículos de comunicação americanos, mostra que seis dos maiores jornais americanos deram nota máxima para a série. O New York Daily News disse "a série é perfeita", USA Today diz que é "puro ouro do início ao fim". Seria exagero?


O seriado, que passa atualmente no canal americano NBC, tem estréia prevista para 2008 no Brasil.


Continuo o assunto de séries totalmente originais na próxima coluna, falando da comédia "Flight of the Conchords"

Comentários, sugestões e dúvidas são sempre bem-vindos. Basta enviar aqui pelo site.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade