26/11/20
PUBLICIDADE
Exercitar a mente

Saiba como estimular a mente em tempos de pandemia

O confinamento em meio a uma pandemia pode causar desgastes psicológicos e estimular a mente se torna ainda mais importante. Uma boa forma de iniciar esse processo é se perguntando: se você tivesse mais tempo, o que faria?

Reprodução/Pixabay
Reprodução/Pixabay


Por linhas tortas, o isolamento é uma oportunidade para aprender, exercer a criatividade e desfrutar de pequenos prazeres. Três pontos de apoio podem nos ajudar a estimular a mente, aumentando nossa capacidade de enfrentar os desafios do confinamento.

O primeiro: organize seu tempo e espaço

O isolamento físico altera nossa percepção de tempo-espaço, pois perdemos marcos da nossa rotina - o transporte diário, o trabalho, a academia. Assim, temos de reinventar um cotidiano restrito à nossa casa. Nesse processo, o cérebro vai se ajustando a um "novo normal", e estratégias de organização podem ajudar.

Evidências na área da neuropsicologia indicam que, sob estresse, é mais fácil se organizar "de fora para dentro": criando meios de visualizar a sua programação. Crie um calendário da semana com compromissos de trabalho, estudos e outras atividades. Faça listas, deixe lembretes a você mesmo.

Essa "estruturação concreta" do dia a dia ajuda nosso cérebro a criar uma nova organização mental, aumentando o senso de previsibilidade e, por consequência, nossa eficiência, motivação e capacidade de lidar com a ansiedade. Aproveite e repense também os espaços da sua casa. Dá para mudar móveis de lugar? Jogar coisas fora? Criar ambientes mais funcionais?

Segundo ponto de apoio: aprenda coisas novas

Novos estímulos aumentam a capacidade de adaptação do cérebro - a chamada neuroplasticidade. O confinamento nos obrigada a sair da nossa zona de conforto. Então, aproveite essa ruptura. Retome desejos antigos, ouse o inusitado, desenvolva habilidades -aproveite os recursos online como tutoriais e apps. Aprender algo é uma excelente maneira de focar atenção e dirigir energia mental a algo objetivo, significativo e prazeroso. Também, pode servir como distração para pensamentos ansiosos.

Invista em habilidades para além da vida profissional. A neurociência tem identificado benefício cognitivo de atividades de lazer, como leitura, tocar instrumentos, assistir a palestras, fazer quebra-cabeças, malabarismo, aprender idiomas e -claro- exercício físico.

Leve também seu cérebro para a academia mental: há diversas plataformas online de treino cognitivo com embasamento cientifico (como BrainHQ e CogMed), que podem beneficiar a atenção, o raciocínio lógico e a memória. Aproveite o universo cultural online: "vá" a uma opera no Metropolitan Opera House de Nova York, "visite" o Museu Van Gogh de Amsterdam, ou "assista" a uma aula da USP ou de Harvard.

E há fortes evidências de que, quando aprendemos mais de uma coisa, potencializamos nossa capacidade de aprendizado. Ou seja: voltar ao piano e estudar espanhol vão muito bem juntos.

Terceiro ponto: cuide do seu "cérebro emocional"

Meditação e mindfulness podem trazer maior equilíbrio emocional, foco, concentração, criatividade e melhoria do humor. Não conhece? Tente. Já faz? Continue, se possível diariamente. Apps, áudios e sessões online podem ajudar. Preste atenção nas suas emoções -se for difícil falar sobre elas, escreva.

Sobretudo, não tenha medo de pedir ajuda. Exercite sua empatia e inteligência emocional se colocando no lugar do outro. A Covid-19 nos mostra que "um por todos e todos por um" não é clichê - é sobrevivência.

Procure as pessoas, motive amigos que não estão bem, pergunte ao vizinho idoso se ele precisa de algo.

Flexibilize seus pontos de vista e mostre aos outros e a si mesmo: estamos isolados, mas não sozinhos.

Em tempos de pandemia, estimule-se a ser a melhor versão de você mesmo.
Sharon Sanz Simon - Folhapress
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Violência contra a mulher

Registros de feminicídio aumentaram durante pandemia no Brasil

25 NOV 2020 às 10h36
Até 10 de dezembro

Londrina realiza 16 Dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra Mulher

25 NOV 2020 às 08h56
Cuidados com o corpo

Veja os tratamentos estéticos que devem ou não ser evitados no verão

24 NOV 2020 às 16h13
Desigualdade racial

Condições sociais agravam saúde da mulher negra no Brasil

24 NOV 2020 às 09h09
Pega essa dica!

Aprenda a fazer um rabo de cavalo duplo: simples, versátil e lindo

24 NOV 2020 às 08h15
Com dor de cabeça?

Enxaqueca afeta qualidade de vida e exige acompanhamento

23 NOV 2020 às 16h12
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados