Pesquisar

Canais

Serviços

Cuidados

Inverno e as baixas temperaturas podem aumentar a queda dos cabelos?

- Pexels
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
03 jun 2022 às 15:35
Publicidade
Publicidade

O inverno pode trazer problemas para o couro cabeludo e para os fios de cabelo. Mas, não é diretamente a temperatura mais baixa a responsável por isso: o que pode atrapalhar são as mudanças de hábitos que ocorrem durante a estação, como a ingestão de alimentos mais gordurosos e os banhos com água mais quente. É o que diz o médico e tricologista Luciano Barsanti, presidente da Sociedade Brasileira de Tricologia e Diretor Médico do Instituto do Cabelo. 


“Com uma alimentação mais calórica e gordurosa, há um aumento significativo da produção efetivada pela glândula sebácea, que fica no interior do couro cabeludo, adjunta ao bulbo capilar. Os banhos quentes também causam essa elevação no que é fabricado pela glândula. Isso causa um excesso de seborreia e leva a uma dermatite seborreica, que são as conhecidas caspas”, explica.

Publicidade
Publicidade


Além de intensificar a produção de gordura, os banhos quentes têm outro agravante: provocam uma desidratação dos fios de cabelo, causando ressecamento, aumento de frizz, dificuldade de pentear e, ainda, queda de cabelo, porque com o calor há uma dilatação do óstio, que é o poro por onde emerge o fio que vem da raiz capilar.


Sobre a alimentação, o especialista comenta que é comum que as pessoas ingiram comidas mais calóricas em maior quantidade durante o inverno, como hambúrgueres, pizzas, carnes gordurosas, chocolates e doces, e que é preciso ter cuidado com essa dieta. 

Publicidade
Publicidade


Mas há ainda outro motivo de atenção: o excesso de ingestão de café e chás, que também possuem cafeína. A quantidade regular de consumo dessas bebidas seria de, no máximo, quatro xícaras ao dia. Passando disso, é possível que a pessoa apresente ansiedade, já que a cafeína é uma substância que pode acarretar esse problema. E essa ansiedade leva ao aumento de cortisol, o que também provoca a queda de cabelo. “Diretamente o café até faz bem para o cabelo, porque ele é antioxidante. O problema acontece apenas quando ele é ingerido em excesso, o que muitas pessoas fazem no inverno, buscando se esquentar. Então, é preciso manter o controle, para que isso não chegue ao ponto de afetar o cabelo”, diz o médico e tricologista.


Outra dúvida que surge durante esses dias mais frios é em relação ao uso de acessórios na cabeça, como toucas, bonés, boinas e gorros. Eles podem ser usados sem problemas, se não for por longos períodos.

Publicidade


Quando utilizados da maneira correta – apenas quando a cabeça está exposta ao frio – eles, no máximo, causam suor na cabeça, o que não faz mal para o couro cabeludo ou para o fios, já que o suor é composto apenas por água e sal. Mas, se eles forem usados sem necessidade, quando há sol ou quando não está frio, também podem culminar no aumento da gordura no couro cabeludo.

Publicidade


Dicas

Publicidade


Para que não haja queda de cabelo durante o inverno – ou em qualquer outra estação – e para manter os fios sempre com ótima aparência, algumas orientações devem ser seguidas:


- Manter higiene diária, lavar cabelo todos os dias é o ideal;

Publicidade
Publicidade


- Lavar o cabelo com a água em uma temperatura média de 20ºC, o que significa sentir frio na cabeça, a água não pode estar em uma temperatura agradável;


- Esfregar o cabelo com muita suavidade e sempre na direção dos fios;


- Utilizar shampoo com PH neutro, ou seja, PH ácido – assim como o couro cabeludo e os fios;


- Evitar shampoos com corantes excessivos ou optar pelos corantes naturais;


- Hidratar os fios, pelo menos, uma vez por semana, com uma máscara contendo manteiga de karité ou outros componentes como óleo vegetal de coco e murumuru;


- Evitar o uso em excesso do secador e nunca utilizar ‘chapinha’;


- Utilizar o secador a 30 cm de distância e em uma temperatura média.

Publicidade

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade