Pesquisar

Canais

Serviços

iStock
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Já pensou?

Saiba o que acontece ao colocar cachaça no umidificador de ar

Bárbara Santos* estagiária
03 dez 2021 às 14:34
Continua depois da publicidade

A internet é um campo aberto de ideias, e algumas nos deixam com a pulga atrás da orelha. Com o verão chegando, a umidade do ar marcando baixos índices e os brasileiros tirando seus umidificadores dos armários, surgiu a seguinte dúvida nas redes sociais: o que acontece se colocarmos cachaça no umidificador de ar? 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A FOLHA buscou um especialista para explicar se essa ideia é possível, suas consequências e potenciais perigos. Consultamos o Doutor em Física pela UEL (Universidade Estadual de Londrina), Luis Gustavo Tomaz Silva, que explicou primeiramente os principais processos que ocorrem em um umidificador com água.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


O físico afirma que na maioria dos umidificadores a peça responsável por converter água em ‘’vapor’’ chama-se piezoelétrico, uma membrana que vibra em 100kHz (100.00 hertz), ou seja, vibra cem mil vezes. 


A vibração é responsável por separar as porções de água do recipiente em pequenas gotículas, ‘’algo semelhante ao que encontramos quando passamos por regiões com neblina’’, exemplifica Luis.


Se a cachaça for substituída pela água o processo da vibração será semelhante, resultando em uma neblina com menor intensidade. 

Continua depois da publicidade


Embora a cachaça possua aproximadamente a mesma quantidade de álcool e água, a massa molar (unidade de medida de pequenas partículas) da água (18g/mol) é menor do que a do etanol (46g/mol). Ou seja, como ela é mais pesada que a água pura, para gerar a neblina alcóolica é necessário que o piezoelétrico vibre em maior frequência.


Continue lendo na Folha de Londrina.

Continue lendo