27/10/20
PUBLICIDADE
Aulas suspensas

Com nova rotina, campus da UEL muda paisagem e recebe animais silvestres

Roberto Custódio/Grupo Folha
Roberto Custódio/Grupo Folha


Saem as pessoas, entram os animais silvestres, as aves e o silêncio. Os corredores do campus da UEL (Universidade Estadual de Londrina) não são mais os mesmos desde 17 de março, quando as aulas presenciais foram suspensas devido à pandemia do novo coronavírus. A baixa atividade humana dos últimos meses mudou a paisagem e a rotina dos que ficaram.


"Em matéria de desgaste físico, é menor. Nossa carga horária é de 12 horas, mas agora a hora demora a passar”, comenta Dijalma Cesário dos Santos, 65, agente de segurança interno do campus. São 27 anos de trabalho no local e revela sentir falta da movimentação anterior.

A trabalho, caminha silenciosamente em vigília pelos departamentos. "Dá saudade do agito; essa hora era para o estacionamento estar lotado, gente pedindo informação, eventos, pessoas perguntando, às vezes aparece um querendo saber onde fica o HV (Hospital Veterinário), a gente indica”, relata Santos.

Continue lendo na Folha de Londrina.
Laís Taine - Grupo Folha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Saiba mais

Ferramenta desenvolvida pela UEM otimiza projetos de software

27 OUT 2020 às 10h57
A palavra Covid é explicada

ABL lança projeto sobre curiosidades da língua portuguesa

27 OUT 2020 às 10h00
Conheça

Projeto da UEL atende pessoas em luto por causa da Covid-19

27 OUT 2020 às 09h50
Segundo criador do Pisa

Pandemia é segunda chance para sistema educacional do Brasil

27 OUT 2020 às 08h29
Militarização do ensino

Paraná terá 215 colégios cívico-militares; região de Londrina vai ganhar 14

26 OUT 2020 às 18h34
Segunda quinzena

Aulas presenciais podem ser retomadas gradativamente em novembro, diz Ratinho Junior

26 OUT 2020 às 18h14
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados