Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Aulas suspensas

Com nova rotina, campus da UEL muda paisagem e recebe animais silvestres

Laís Taine - Grupo Folha
28 set 2020 às 18:05
- Roberto Custódio/Grupo Folha
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Saem as pessoas, entram os animais silvestres, as aves e o silêncio. Os corredores do campus da UEL (Universidade Estadual de Londrina) não são mais os mesmos desde 17 de março, quando as aulas presenciais foram suspensas devido à pandemia do novo coronavírus. A baixa atividade humana dos últimos meses mudou a paisagem e a rotina dos que ficaram.


"Em matéria de desgaste físico, é menor. Nossa carga horária é de 12 horas, mas agora a hora demora a passar”, comenta Dijalma Cesário dos Santos, 65, agente de segurança interno do campus. São 27 anos de trabalho no local e revela sentir falta da movimentação anterior.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


A trabalho, caminha silenciosamente em vigília pelos departamentos. "Dá saudade do agito; essa hora era para o estacionamento estar lotado, gente pedindo informação, eventos, pessoas perguntando, às vezes aparece um querendo saber onde fica o HV (Hospital Veterinário), a gente indica”, relata Santos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Alerta de fraude

Faculdade confirma que ex-BBB Matteus Amaral burlou sistema de cotas ao se declarar preto

Imagem de destaque
Primeiros convocados

Resultado de concurso para Quadro Próprio do Governo do Paraná é divulgado

Imagem de destaque
Entre os 8 e 19 de julho

Ludoteca da UEL inscreve para colônia de férias em Londrina

Imagem de destaque
Saiba mais

Pesquisa da UENP analisa saúde da mulher no Paraná

Continue lendo na Folha de Londrina.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade