24/09/20
°/°
PUBLICIDADE
Após greve

Em Londrina e região, 84 escolas devem repor aulas na rede estadual

Na região de Londrina, 84 escolas estaduais vão precisar repor aulas após a greve dos servidores estaduais, que ocorreu no período de 25 de junho a 12 de julho de 2019. Nas escolas municipais, que não tiveram paralisação, os estudantes já retornaram às atividades nesta terça-feira (23).

Hedeson Alves/Seed
Hedeson Alves/Seed


Segundo o NRE (Núcleo Regional de Educação) de Londrina, a maioria das instituições de ensino paralisou parcialmente as atividades. Destas, 27 escolas tiveram o plano de reposição aprovado conforme orientação da Seed (Secretaria de Estado da Educação e do Esporte do Paraná) e já estão com aulas agora no recesso. Em Londrina, são 14 instituições a repor aulas.

A secretaria já havia publicado no último dia 15 as orientações para a reposição, considerando a paralisação das aulas em decorrência da greve e que o cumprimento do calendário escolar deve contemplar, no mínimo, 800h e 200 dias letivos. Assim, definiu-se que a reposição dos dias não trabalhados poderá ser realizada no período de recesso escolar, a partir do dia 22 deste mês, podendo se estender ao longo do segundo semestre, incluindo sábados, em sexta aula, em contraturno e em horário especial, desde que garantida a frequência dos estudantes.

Além disso, como existem situações diversificadas quanto aos dias paralisados, quantidade de professores que aderiram e estudantes que compareceram, os Núcleos Regionais de Educação deveriam analisar cada caso específico para assegurar o melhor encaminhamento e garantir o cumprimento das horas e dos dias letivos.

Rede municipal

Os alunos da Rede Municipal de Ensino de Londrina tiveram um período de recesso de duas semanas. Os professores voltaram um dia antes, na segunda-feira (22), para prática pedagógica e reunião administrativa, realizadas nas unidades escolares onde os professores atuam. O objetivo é organizar o próximo semestre e fazer os encaminhamentos necessários.

Atualmente, a rede conta com 44.314 alunos ao todo, matriculados nos CMEIs (Centros Municipais de Educação Infantil), escolas municipais, EJA (Educação de Jovens e Adultos) e CEIs (Centros de Educação Infantil) filantrópicos.

Há 33.421 alunos matriculados nas escolas do Ensino Fundamental, incluindo estudantes da EJA e algumas turmas de P4 e P5; 5.305 crianças nos CMEIS, que atendem do CB ao P5 e outras 5.588 nos CEIS filantrópicos, que vai do CB ao P4. O município conta com 53 CEIs conveniados, 33 CMEIs e 87 escolas de Ensino Fundamental, localizadas na área urbana e rural.

Matrículas

Os pais que têm interesse em matricular seus filhos na Rede Municipal de Ensino devem se dirigir à unidade escolar mais próxima de sua residência para fazer a matrícula, no caso do Ensino Fundamental e do P4 e P5. Caso as vagas já estejam preenchidas, serão dadas as orientações e encaminhamentos para matrícula em outra unidade. Por outro lado, para matricular crianças de 0 a 3 anos é necessário se dirigir à Central de Vagas, localizada na Rua Benjamin Constant, 800, Centro (Super Creche), das 8h às 18h. No local é feito um agendamento, entrevista e o encaminhamento da matrícula.
Larissa Ayumi Sato e Rafael Machado - Grupo Folha
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Página do Participante
Enem: estudantes têm até 1º de outubro para inserir foto no cadastro
23 SET 2020 às 14h22
Em mais de 60 áreas
UEL abre PSS que seleciona professores temporários para cadastro de reserva
22 SET 2020 às 20h26
Veja os requisitos
Enem 2020: Inep abre seleção para corretores de redação
22 SET 2020 às 17h19
Saúde mental
Entenda como os estudantes podem lidar com a pressão dos vestibulares
22 SET 2020 às 16h59
Próximo ano letivo
Matrícula escolar recebe mais de 9 mil cadastros em Londrina
22 SET 2020 às 15h02
Saiba mais
Companhia contrata profissionais de medicina para o programa Mais Médicos
22 SET 2020 às 11h31
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados