Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Novas diretrizes

Lei garante a professores plano de carreira e jornada reduzida

Redação Bonde com Agência Brasil
17 jan 2024 às 16:30
- Divulgação/SETI
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Lei 14.817/2024 foi sansionada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva e publicada no Diário Oficial da União nesta quarta (17), após tramitar por cinco anos no Congresso Nacional. Assim, diretrizes para valorização de professores da rede pública foram estabelecidas, assegurando o plano de carreira, formação continuada e condições de trabalho, como jornada de 40 horas. 


A lei define que, além dos professores, serão alcançados pelas diretrizes outros profissionais “detentores da formação requerida em lei” como os que exercem funções de suporte pedagógico (diretores e administradores escolar, inspetores, supervisores e orientadores educacionais) ou de suporte técnico e administrativo (com formação técnica ou superior em área pedagógica).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


As diretrizes estabelecem como deverá ser constituída a carreira desses profissionais, que só poderão ingressar exclusivamente por concurso de provas e títulos. Entre as considerações estão a possibilidade de progressão funcional periódica e o estímulo ao desenvolvimento profissional, em que levem em conta as titulações e formação continuada, a avaliação de desempenho e experiência profissional, além da assiduidade.

Leia mais:

Imagem de destaque
Assembleia virtual

Professores da rede estadual aprovam greve para 3 de junho

Imagem de destaque
Alerta

Apenas 15% das estações de monitoramento de rios enviam dados em tempo real no Brasil

Imagem de destaque
Subiu

UEL divulga valor da inscrição para Vestibular 2025 e número de vagas ofertadas

Imagem de destaque
Se atente aos prazos

Inscrições para Enem 2024 abrem na segunda-feira


Além disso, assegura piso atrativo e progressão que estimule a carreira e prevê que sejam consideradas as especificidades das redes de ensino e questões como atribuições adicionais e dedicação exclusiva na concessão de gratificações e adicionais.


A jornada de 40 horas semanais também foi garantida e deverá ter parte dedicada a estudos, planejamento e avaliação, além de garantia da integração do trabalho individual com a proposta pedagógica da escola. Outras condições também foram estabelecidas, como número adequado de estudantes e de turmas por profissional, além de ambiente físico saudável e seguro.


Imagem
Sessenta estudantes tiram nota mil na redação do Enem
O Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) informou que 60 candidatos tiraram nota mil na redação do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2023.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade