Pesquisar

Canais

Serviços

Reprodução/Pixabay
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Para cuidar da saúde!

MEC oferece conteúdos para professores de Educação Física manterem alunos ativos durante a pandemia

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
24 mar 2021 às 14:35
Continua depois da publicidade

Para ajudar os professores de Educação Física a manterem seus alunos ativos durante a pandemia do coronavírus, o MEC irá oferecer uma série de conteúdos com exercícios físicos para serem feitos em casa ou na escola de forma segura.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O material foi produzido em parceria com o Programa Impulsiona e o download é gratuito. Os professores podem compartilhar os arquivos diretamente com seus alunos ou usar como fonte de consulta durante as aulas.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


"O esporte reforça a imunidade e a saúde mental e emocional das crianças e adolescentes, por isso precisa ser incentivado de forma segura”, conta Renato de Oliveira Brito, Diretor de Formação Docente e Valorização dos Profissionais da Educação do MEC. "Preparamos mais de 70 sugestões para todos os gostos: desde yoga até boliche com materiais alternativos. ”


Vitor de Angelo, presidente do Conselho Nacional de Secretários de Educação, destaca o papel dos professores de Educação Física nesse momento. "Eles estão se reinventando para seguirem os protocolos de saúde e manterem os alunos em movimento”, explica ele. "Dessa forma, reduzem o estresse, a ansiedade e o tempo excessivo das crianças em frente às telas do computador ou do celular. ”


Além dos conteúdos disponíveis para download, MEC e Impulsiona mantém uma série de webinários com professores de Educação Física. Gabriel Schiller, professor de Porto Alegre (RS), foi um dos convidados. "Esses bate-papos nos ajudam, professores, a descobrirmos o que tem dado certo ou errado no ensino durante a pandemia. Muitas ideias podem ser replicadas com facilidade em qualquer escola pública do país. ”

Continua depois da publicidade

Todo o conteúdo está disponível gratuitamente no site do Impulsiona: www.impulsiona.org.br.


Continue lendo