Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Intelectuais públicos

Racionais MCs tem título de doutor honoris causa aprovado pela Unicamp

Lucas Brêda - Folhapress
29 nov 2023 às 17:30
- crewactive/Wikimedia Commons
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Consu (Conselho Universitário) da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) aprovou a outorga do título de doutor honoris causa para os integrantes do Racionais MCs. A decisão foi divulgada na última terça-feira (29).


Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Mano Brown, Ice Blue, Edi Rock e KL Jay foram reconhecidos pelo conselho da universidade como "intelectuais públicos que dialogam com o pensamento social brasileiro". A honraria também "ressalta sua atuação política no combate ao racismo e às violências sociais existentes no país".

Leia mais:

Imagem de destaque
AULAS GRATUITAS

EJA: CCI Leste está com inscrições abertas para idosos acima de 60 anos em Londrina

Imagem de destaque
JARDIM BANDEIRANTES

Londrina: EJA tem matrículas abertas no CCI Oeste para idosos acima de 60 anos

Imagem de destaque
Prova em maio

Vestibular 2024.2 da UTFPR oferta 4.219 vagas em 106 cursos; inscrições começam em 26 de fevereiro

Imagem de destaque
Confira!

Concurso da prefeitura de Londrina divulga cargos e banca organizadora


A Unicamp reconhece o maior grupo de rap do país com o título um ano depois que estudantes e professores da disciplina "Tópicos Especiais em Antropologia IV: Racionais MCs no Pensamento Social Brasileiro" reivindicaram a honraria. Esse era um dos pedidos de uma carta antirracista feita após uma suposta ofensa racial praticada por um professor da faculdade durante aula.

Publicidade


Na ocasião, três dos quatro integrantes do Racionais MCs participaram de uma aula aberta no Centro de Convenções do campus da Unicamp, em Campinas. No começo deste mês, Mano Brown recebeu o mesmo título, só que de maneira individual pela UFSB, a Universidade Federal do Sul da Bahia.


Na sessão do conselho da Unicamp, Mário Medeiros, professor do Departamento de Sociologia do Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFCH), e presidente da comissão de especialistas formada para avaliar a pertinência da concessão do título, explicou por que o título seria concedido a todos os integrantes do grupo.

Publicidade


"São intelectuais públicos que somente existem em seu conjunto e, a partir dele, os quatro enunciam poéticas, projetos estéticos e projetos políticos desde 1988 a respeito do Brasil. Dialogam e lutam com o pensamento social brasileiro, confrontam o racismo e as violências sociais que nos constituem enquanto sociedade, incitando a atitudes antirracistas e solidárias de negros e não negros, periféricos e não periféricos, visando a mudanças sociais profundas. Destarte, o título só fará sentido se concedido ao conjunto."


O título de doutor honoris causa é a distinção máxima prevista no estatuto da Unicamp. É uma honraria concedida a "pessoas que tenham contribuído, de maneira notável, para o progresso das ciências, das letras ou das artes" ou "que tenham beneficiado, de forma excepcional, a humanidade ou tenham prestado relevantes serviços à universidade", diz o site da instituição.


Nomes como os professores Paulo Freire e Antonio Candido, além do poeta Mário Quintana, do economista Celso Furtado e do arquiteto Oscar Niemeyer, já receberam o título.


O disco "Sobrevivendo ao Inferno", que o Racionais lançou em 1997, é leitura obrigatória para o vestibular da universidade desde 2020. Este ano, durante a primeira fase do exame, a música "Gênesis" rendeu uma pergunta sobre cristianismo em comunidades periféricas.


Imagem
Oito a cada 10 brasileiros se preocupam com mudanças climáticas
Conforme dados da pesquisa o Natureza e Cidades: a relação dos brasileiros com a mudança climática, 64% dos brasileiros – ou seja, seis em cada dez pessoas – sentem medo de precipitações intensas e temporais.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade