Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Saiba mais

Veja como ter acesso a vagas de qualificação profissional

Fabiola Sinimbú - Agência Brasil
30 nov 2023 às 14:34
- Marcelo Camarho/Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) anunciou investimentos de R$ 60 milhões no Programa Manuel Querino de Qualificação Social e Profissional, que visa alcançar cerca de 100 mil trabalhadores em um ano. As vagas serão disponibilizadas pelo Sine (Sistema Nacional de Emprego), por universidades e institutos federais que aderiram ao programa.


De acordo com o secretário de Qualificação e Fomento à Geração de Emprego e Renda do MTE, Magno Lavigne, o programa atua dentro da estratégia do governo federal do Qualifica PAC que objetiva identificar as vocações econômicas regionais e os gargalos de formação para induzir a qualificação. São cursos em seis áreas de atuação: economia verde e azul; economia digital e neoindustrialização, economia da cultura e criativa, economia do cuidado e da saúde, economia do turismo e economia popular e solidária.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Os recursos do Fundo de Amparo ao Trabalhador, ao todo R$40 milhões, serão descentralizados e direcionados aos fundos de estados e municípios integrantes do Sine. Cada região participante vai disponibilizar as capacitações conforme o plano apresentado para o seu território, de acordo com estudo de demanda previamente realizado.

Leia mais:

Imagem de destaque
Prova em maio

Vestibular 2024.2 da UTFPR oferta 4.219 vagas em 106 cursos; inscrições começam em 26 de fevereiro

Imagem de destaque
Confira!

Concurso da prefeitura de Londrina divulga cargos e banca organizadora

Imagem de destaque
Confira

Estudo mostra que Viagra pode estar associado à redução de casos de Alzheimer

Imagem de destaque
Aprovados

Instituições publicam resultado da lista de espera do Sisu


Para as 60 mil vagas que serão disponibilizadas por meio do Sine, o trabalhador deve acessar a rede pelo Portal Emprega Brasil e verificar nas secretarias estaduais e municipais quais qualificações foram disponibilizados para o seu território, pelo programa.

Publicidade


Instituições federais


Publicidade

No caso de universidades e institutos federais, para o primeiro ano do programa, foram firmados acordos com as instituições para oferta de cursos com carga horária mínima de 200 horas alinhados com a vocação econômica do território. Serão mais 40 mil vagas.


“Já tem uma articulação da universidade a partir das linhas de estudo dos professores daquele setor. Então você tem uma vinculação com a trilha de qualificação da universidade e do instituto, para permitir que o trabalhador, inclusive possa viver na estrutura de educação formal federal, com o objetivo de instigá-lo a ir além”, destacou.

Publicidade


Nesses casos, as instituições federais de ensino disponibilizarão os cursos de capacitação por meio dos seus canais de inscrição.


Universidades e institutos federais participantes

Publicidade


1 - IFSP (Instituto Federal de São Paulo)

Publicidade


2 - UFBA (Universidade Federal da Bahia)


3 - UFSM (Universidade Federal de Santa Maria)

Publicidade


4 - UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia)


5 - UFGO (Universidade Federal de Goiás)


6 - IFBA (Instituto Federal da Bahia)


7 - UFF (Universidade Federal Fluminense)


8 - Universidade Federal do ABC


9 - UFSE (Universidade Federal de Sergipe)


10 - IFSPE (Instituto Federal do Sertão Pernambucano)


11 - UFAB (Universidade Federal da Bahia)


12 - IFBA (Instituto Federal da Bahia)


13 - Universidade Federal do ABC


14 - UFTO (Universidade Federal do Tocantins)


15 - IFPR (nstituto Federal do Paraná)


16 - IFRN (Instituto Federal do Rio Grande do Norte)


17 - UFGO (Universidade Federal de Goiás)


18 - UFMA (Universidade Federal do Maranhão)


19 - Ufam (Universidade Federal do Amazonas)


20 - UFTO (Universidade Federal do Tocantins)


21 - UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro)


22 - UFPR (Universidade Federal do Paraná)


23 - IFPE (Instituto Federal de Pernambuco)


24 - Ifes (Instituto Federal do Espírito Santo)


25 - IFF (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Fluminense)


Escola do Trabalhador


Além das 200 horas de capacitação oferecidas pelas instituições federais, o MTE disponibilizou vagas de qualificação em tecnologia e produtividade nos cursos oferecidos por meio da Escola do Trabalhador 4.0, para complementar as qualificações. São cursos como letramento digital e de educação financeiro com Excel, com 5 milhões de vagas disponíveis por meio de Educação à Distância (EaD) e inscrições diretamente neste site.


Imagem
Londrina: Clientes que compraram celulares denunciam loja por falta de entrega
Clientes de uma loja de Londrina que comercializa celulares procuraram a Delegacia de Estelionatos e o Procon (Núcleo de Proteção e Defesa do Consumidor) após comprarem iPhones e não receberem
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade