Pesquisar

Canais

Serviços

Everton Bonfim e Aguinaldo de Souza, respectivamente, diretores da Cia. Teatro de Garagem e da companhia T.O.U - Cesar Augusto
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Artes cênicas premiadas

Nelson Sato - Folha de Londrina
07 fev 2008 às 17:28
Continua depois da publicidade

Um espetáculo de rua inspirado na música ''Geni e o Zepelin'', de Chico Buarque, e uma montagem baseada na peça ''A Vida é um Sonho'', do dramaturgo espanhol Calderón de la Barca (1600-1681), venceram a primeira edição do Prêmio José Antonio Teodoro, promovido pela Secretaria Municipal de Cultura de Londrina.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A Cia. Teatro de Garagem e a trupe T.O.U são as contempladas do concurso criado com o objetivo de - segundo o secretário municipal de Cultura Luciano Bitencourt - ''incentivar, projetar e dar mais visibilidade à produção de artes cênicas da cidade''. De acordo com o edital do Prêmio, as duas propostas escolhidas receberão R$ 60 mil cada e deverão ser encenadas no 40º Festival Internacional de Teatro (FILO), marcado para junho desse ano.

Continua depois da publicidade


Os dois projetos de montagem concorreram com outros seis trabalhos inscritos. Todos foram analisados previamente por uma assessoria convidada especialmente para emitir um parecer técnico sobre a viabilidade das propostas. Em seguida, as propostas foram julgadas pela Comissão de Avaliação de Projetos do Programa Municipal de Incentivo à Cultura (Promic).


A consultoria foi formada por Carlos Siminoni (do grupo de teatro Lume, de Campinas/SP), Fernando Nunes (diretor do grupo Verve, de Campo Mourão/PR); e Alexandre Roit (ex-integrante do grupo Parlapatões e atualmente coordenador do Centro de Formação Profissional em Artes Circenses, de São Paulo). Segundo Everton Bonfim, diretor da Cia. Teatro de Garagem, a montagem premiada chama-se ''Bendita Geni'' em alusão à famosa canção de Chico Buarque ''Geni e o Zepelin''.

Continua depois da publicidade


''A idéia é fazer uma adaptação livre do conflito narrado na música. Será um espetáculo cênico-musical de rua'', conta. Ele adianta que a personagem principal da peça será protagonizada pelo travesti londrinense ''Scarlet O'Hara''. Ao todo, 21 pessoas trabalharão na produção que contará com vários parceiros incluindo Celso Branco (músico carioca), João Luiz ''Peixe'', Lara Haddad, Edgar de Abreu e Paulo Roberto (da Escola de Circo).


A montagem da companhia T.O.U, por sua vez, será dirigida por Aguinaldo de Souza. Intitulada ''Caixa de Sonho'', foi baseada na peça ''A vida é um Sonho'', de Calderón de la Barca. ''Pegamos as situações, o barroquismo das idéias contidas no texto para gerar a plasticidade do espetáculo'', salienta ele. Após estrear no FILO, os dois trabalhos serão reapresentados outras vezes na cidade, como contrapartida às verbas recebidas.

O prêmio leva o nome José Antonio Teodoro (1953-1987) em homenagem ao professor londrinense, ex-diretor do Departamento de Cultura e diretor do legendário grupo de Teatro Delta que ajudou a projetar as artes cênicas em escala nacional. Pouco antes de morrer, Teodoro foi indicado ao prêmio Mambembe e conquistou o prêmio de ''Diretor revelação'', pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA). O prêmio foi recebido pela encenação da peça ''Toda Nudez Será Castigada'', de Nelson Rodrigues.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade