Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Preconceito?

Fafá de Belém proíbe netas de dançarem funk: 'Me incomoda'

Folhapress
08 jul 2023 às 14:59
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Fafá de Belém virou assunto entre os funkeiros nas últimas horas. A cantora contou em uma entrevista que proibiu suas netas de cantar e dançar músicas do gênero funk, após vê-las fazendo algumas coreografias. Ela desabafou: "Me incomoda. Outro dia, minha neta estava dançando lá em casa e eu falei: 'não, isso não é legal. Você tem sete anos e não sabe que sinais está mandando com seu corpo'".


Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade

Intérprete de "Nuvem de Lágrima" e "Vermelho" acrescentou que a menina, filha da influenciadora Mariana Belém, quis saber o motivo. "Disse que existiam muitas pessoas ruins no mundo e que e que, às vezes, sem perceber, você envia um sinal que um maluco pode interpretar de forma errada. É perigoso", comentou a cantora durante a entrevista ao Vênus PodCast.

Leia mais:

Imagem de destaque
Turnê 'Meu Coco'

Caetano Veloso anuncia última turnê internacional de sua carreira

Imagem de destaque
Novas versões

Além de Claudia Leitte, veja outros cantores que alteraram letras por religião

Imagem de destaque
Depois de sete anos

Shakira anuncia álbum após hit em que alfineta Piqué

Imagem de destaque
Feat com Ludmilla

'Macetando', música de Ivete Sangalo, bomba em números e se consolida como hit do Carnaval


Ela também criticou os termos utilizados nas letras de funk. "Os termos são chulos para falar a uma criança novinha. O que é isso? A criança é inocente, não sabe o poder que o corpo dela tem", disse avó de duas meninas, Laura e Júlia, lembrando que "existem muitas pessoas mal-intencionadas no mundo".


Fafá ainda expressou sua desaprovação em relação à hipersexualização dos corpos femininos, especialmente das mulheres mais jovens. "É extremamente delicado apresentar certas coisas machistas do funk às nossas crianças. Nossas meninas pensando que o empoderamento está em servir aos homens. Isso é promover o machismo mais sórdido, a vulgaridade, a mulher sendo tratada como objeto".


Imagem
Filme da Barbie amplia venda de bonecas e leva 'onda rosa' a roupas, almofadas e cafés
A onda cor-de-rosa disparada pela divulgação do filme Barbie começa a invadir mais espaços com a proximidade da estreia
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade