Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Empoderamento

Atividade com ‘crespinhos’ abre a terceira Mostra Cultural do Black Divas neste sábado

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
09 mai 2024 às 16:46
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Neste sábado (9), o Coletivo Black Divas realiza mais uma edição da Feira Black Empreendedorismo e a  terceira Mostra Cultural, das 18h às 22h, na avenida Serra da Esperança, 1181. Nesta ocasião, o coletivo tem como objetivo trabalhar a autoestima e empoderamento das crianças negras. 


Assim, meninos e meninas vão poder participar de uma oficina de slime com Jô Moreno e, logo em seguida, do bailinho, com o Sassá. Com o conhecimento e orgulho de suas raízes, as crianças se tornam menos vulneráveis às violências, simbólicas e físicas, do racismo. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“Nós mostramos aos nossos crespinhos que eles são lindos, que seus cachinhos são lindos, que o black é a coroa que eles carregam da ancestralidade”, destaca a coordenadora do Black Divas, Sandra Mara Aguilera.

Leia mais:

Imagem de destaque
Sucessos solo e da época dos Beatles

Paul McCartney vai voltar ao Brasil em outubro para shows da turnê 'Got Back'

Imagem de destaque
Calendário

Fim de semana em São Paulo tem festivais dedicados ao café e a mulheres na música

Imagem de destaque
Doce, dengosa, polida...

Em comemoração aos 50 anos de carreira, Alcione se apresenta em Londrina nesta sexta

Imagem de destaque
Crystal

Como funciona o Cirque du Soleil, que leva espetáculo de gelo ao Rio e a São Paulo


A coordenadora ainda explica que o racismo é uma das grandes causas de evasão escolar entre crianças e adolescentes negros, destacando que saber lidar com isso e trabalhar pela mudança social em busca de equidade requer empoderamento.

Publicidade


“Nas ações com os crespinhos buscamos transmitir segurança, referência, pertencimento. Se olharmos para a nossa geração, das coordenadoras e coordenadores do coletivo, não havia esse sentimento de pertencimento. Essas crianças valorizam muito mais hoje a sua estética, os traços que são lindos, o seu black maravilhoso, as trancinhas lindas. As crianças precisam ser respeitadas e elas sabem disso”, diz Sandra.


Além das atividades com as crianças, que serve como abertura para o evento, os visitantes ainda podem conferir barracas de artesanato, presentes, shows musicais, apresentações artísticos-culturais e barracas de comida. 


Créditos: Divulgação


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade